sábado, 18 de março de 2017

O governo já se prepara para receber os cerca de R$ 270 milhões bloqueados das contas do ex-governador. O dinheiro será usado para pagar o 13º salário de aposentados e pensionistas.

Com anúncio marcado para o dia 21, Rio já conta com dinheiro desviado por Cabral

Ao que tudo indica, o Estado do Rio vai receber os cerca de R$ 270 milhões bloqueados pela Justiça das contas do ex-governador Sérgio Cabral. Na próxima terça-feira, dia 21, o Ministério Público Federal fará, ao lado do governo do Rio, evento para formalizar o repasse. O evento foi confirmado pelo órgão.

No acordo que será finalizado até segunda-feira, ao menos uma parcela do valor que será encaminhado terá uma destinação específica: o pagamento de aposentados e pensionistas do Estado. A tendência é que o dinheiro esteja disponível ainda na próxima semana.

O planejamento feito é de utilizar o valor para pagar o 13º salário de aposentados e pensionistas. Caso o total não seja suficiente para quitar a folha deste grupo, haverá um teto de pagamento. A tendência é que apenas os que recebem até R$ 3.500 sejam beneficiados.

Governo já começou a recolher carne estragada nos frigoríficos.Três fábricas de aves, salsicha e mortadela foram fechadas. Outras 21 estão sob suspeitas

Em meio ao escândalo de comércio de carne podre e adulterada, o secretário-adjunto do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki, afirmou que já começou a recolher a carne estragada dos frigoríficos, mas disse que a população tem de ficar tranquila e tomar cuidados na hora de comprar no supermercado. Três fábricas de aves, salsicha e mortadela foram fechadas e outras 21 estão sob suspeitas de fraude em carne bovina e até ração para animais de estimação.

Durante uma entrevista coletiva que durou cerca de uma hora e meia, o número dois do Ministério da Agricultura disse que, pessoalmente, comprará carne no fim de semana, mas afirmou que o brasileiro tem o direito de não comprar. Argumentou que há no Brasil, há mais de 4 mil estabelecimentos e que a fraude é restrita a apenas um número baixo.
— Os riscos são muitos pequenos — garantiu o secretário.

— Não há razão para pânico.

Ele ainda informou que a partir de segunda-feira, começarão a ser rastreados os códigos de barra dos produtos dos três frigoríficos em que a fraude foi confirmada. São duas fábricas do Pecin no Sul do país: em Jaguará do Sul (SC) e Curitiba (PR). Uma planta da BRF na cidade de Mineiro, em Goiás, também foi fechada.
As fábricas do Sul produziam embutidos. Foram detectados problemas em salsichas e mortadelas. Já a fábrica goiana é produtora de aves. As três plantas já tiveram as portas fechadas.

Sem explicar como é possível recolher as carnes sem os códigos de barra, o secretário-executivo disse que o processo já começou. Falou que até dos supermercados os produtos estão sendo retirados das prateleiras.
No entanto, recomendou a população que informe ao ministério caso encontre produto suspeito por meio do 0800-704-1995.
O secretário informou ainda que o órgão afastou 33 servidores envolvidos na fraude da carne, exposta pela Operação Carne Fraca. Serão abertos processos administrativos contra esses funcionários públicos.
— O que nós queremos dizer para a população é que fique tranquila. Nosso sistema é um dos mais avançados do mundo — falou o secretário em entrevista coletiva, que alertou as pessoas devem ficar atenta aos aspectos da carne como cor, cheiro e consistência.


Novacki ponderou que um grupo muito pequeno de servidores foi suspenso. E lembrou que o quadro do ministério é de 11 mil servidores. Eles tiveram o acesso aos sistemas bloqueados logo cedo.
— É necessário fazer uma limpeza. É necessário separar o joio do trigo — disse
— Não basta ser íntegro e ser correto, tem de parecer íntegro e correto.

Dezenas de veículos são apreendidos em operação da PM na região

Motos, carros e até um caminhão foram apreendidos em Santo Antônio de Pádua e em Miracema

A Polícia Militar realizou mais uma operação no trânsito das cidades de Miracema e Santo Antônio de Pádua na manhã e tarde desta sexta-feira (17). Dezenas de veículos foram apreendidos na operação que, segundo a PM, visou recuperar veículos furtados e evitar práticas delituosas, como transporte de materiais ilícitos.
 O balanço final da operação foi divulgado pela tarde. Segundo o 36º Batalhão, de 9h às 11h20, os agentes abordaram 302 veículos. Pelo menos 65 foram infracionados e outros cinquenta e nove apreendidos, entre motocicletas, carros e até um caminhão. Os veículos apreendidos foram encaminhados ao pátio do Rodando Certo, em Miracema.



   Segundo a PM, as infrações e apreensões ocorreram por os veículos estariam em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro.

FONTE: FOLHA ITAOCARENSE

Justiça concede prisão domiciliar a mulher de Sérgio Cabral

Determinação foi dada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal, na tarde desta sexta-feira; Adriana Ancelmo está presa desde dezembro de 2016.

A ex-primeira-dama do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral, vai para a prisão domiciliar. A determinação foi dada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal, nesta sexta-feira. Adriana está presa preventivamente desde 6 de dezembro no Complexo de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio.
A advogada também é investigada na Operação Calicute, desdobramento daOperação Lava Jato no Rio, que levou à prisão Cabral e aliados, e também foi denunciada pelo Ministério Público Federal.
“Foi deferida a substituição da prisão da ré Adriana Ancelmo em prisão domiciliar desde que cumpridas as condições informadas à defesa em audiência. Após o Juízo ser informado pela defesa de que o imóvel em que será cumprida a medida de recolhimento atende as condições impostas oralmente em audiência e feita a constatação pela autoridade policial, expeça-se o alvará de soltura”, escreveu o juiz.
Fonte: VEJA

sexta-feira, 17 de março de 2017

JBS e BRF vendiam carne vencida com química e frango com papelão

Executivos das duas companhias e fiscais do Ministério da Agricultura foram presos nesta manhã na maior operação já realizada na história da PF


JBS e BRF, duas das cinco maiores exportadoras do país, reconhecidas como as maiores empresas de carne do mundo, exemplos de sucesso empresariais inegáveis e da pujança econômica do Brasil nas últimas décadas são, hoje, alvo da Operação Carne Fraca.
Além delas, outros frigoríficos, grandes e pequenos, como Big Frango e  Peccin, aparecem na decisão.
O nome escolhido pela Polícia Federal não poderia ser mais literal. A investigação revelou que as companhias usavam em suas operações carnes podres com ácido ascórbico para disfarçar o gosto, frango com papelão, pedaços de cabeça e carnes estragadas como recheio de salsichas e linguiças, além de reembalar produtos vencidos.
Trata-se da maior operação já realizada na história da PF, segundo a instituição, com mais de 1.100 policiais mobilizados em seis Estados (Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás) e no Distrito Federal.
Entre os presos, executivos das duas companhias e fiscais do Ministério da Agricultura. A investigação aponta que os frigoríficos tinham influência para escolher os servidores que iriam efetuar as fiscalizações na empresa, por meio depagamento de propina.
Roney Nogueira dos Santos, gerente de relações institucionais e governamentais da BRF, e o vice-presidente José Roberto Pernomian Rodrigues (que já havia se envolvido em um escândalo anterior, na Cisco) estão na lista.
As ordens foram expedidas pela 14ª Vara da Justiça Federal de Curitiba (PR) e orientam 38 de prisão (27 preventivas e 11 temporárias), 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão locais supostamente ligados ao grupo criminoso.
Carne podre
A informação de que ao menos um dos dois frigoríficos usava carne pobre em seus produtos está na decisão da Justiça Federal do Paraná e foi dada pela médica veterinária Joyce Igarashi Camilo.
Ela era a veterinária responsável pelo frigorífico gaúcho Peccin, em 2014, e argumentou que a empresa “também comprava notas fiscais falsas de produtos com SIF (Serviço de Inspeção Federal) para justificar as compras de carne podre, e utilizava ácido ascórbico para maquiar as carnes estragadas”.
Normélio Peccin Filho e Idair Antônio Piccin, sócios do frigorífico, têm algumas de suas declarações mencionadas na decisão, que deixam claro o aval para práticas ilícitas dentro das normas de vigilância sanitária alimentícia.
Em uma delas, autoriza o uso de presunto podre “sem cheiro” para a produção alimentícia. Em outra, Idair manda uma funcionária comprar 2.000 quilos de carne de cabeça, para a fabricação de linguiça.
IDAIR – Você ligou?
NAIR – Eu, sim eu liguei. Sabe aquele de cima lá, de Xanxerê?
IDAIR – É.
NAIR – Ele quer te mandar 2000 quilos de carne de cabeça. Conhece carne de cabeça?
IDAIR – É de cabeça de porco, sei o que que é. E daí?
NAIR – Ele vendia a 5, mas daí ele deixa a 4,80 para você conhecer, para fechar carga.
IDAIR – Tá bom, mas vamos usar no que?
NAIR – Não sei.
IDAIR – Aí que vem a pergunta né? Vamo usar na calabresa, mas aí, é massa fina é? A
calabresa já está saturada de massa fina, é pura massa fina.
NAIR – Tá.
IDAIR – Vamos botar no que?
NAIR – Não vamos pegar então?
IDAIR – Ah, manda vir 2000 quilos e botamos na linguiça ali, frescal, moída fina.
NAIR – Na linguiça?
IDAIR – Mas é proibido usar carne de cabeça na linguiça…
NAIR – Tá, seria só 2000 quilos para fechar a carga. Depois da outra vez dá para pegar um
pouco de toucinho, mas por enquanto ainda tem toucinho (ininteligível).
IDAIR – O toucinho, primeira coisa, tem que ver que tipo de toucinho que ele tem.

Fonte: Revista Exame

Jovem é internado com suspeita de febre amarela em São Fidélis

Um jovem de 23 anos foi internado com suspeita de febre amarela na noite desta quarta-feira (15) em São Fidélis, em Norte Fluminense, segundo a Prefeitura. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ele deu entrada com mialgia, cefaleia e febre no Hospital Armando Vidal (foto). Amostras de sangue serão enviadas ao Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira (16) para exames de detecção da doença. Na quarta-feira (15), dois casos de morte por febre amarela foram confirmados em Casimiro de Abreu; um homem morreu.
Segundo a Secretaria de Municipal de Saúde, o jovem mora na área urbana, no bairro Vila dos Coroados, a 2 Km do Centro de São Fidélis. A mãe do jovem informou à equipe do hospital que ele teve contato com a área rural próximo ao Parque Estadual do Desengano; não foi informado quando o jovem esteve no local, de acordo com a Prefeitura.
A Secretaria Municipal informou que, a partir de segunda-feira (20), haverá vacinação em todos os postos de Saúde da área urbana; o município informou que serão disponibilizadas 12 mil doses da vacina. A vacinação contra a febre amarela já era feita na área rural, como parte do bloqueio contra a chegada da doença no Estado.
Da redação com informações do G1.

Pádua: Assaltantes roubam carga de café avaliada em R$ 350 mil

Pelo menos quatro elementos renderam um caminhoneiro e roubaram a carga de café que transportava, avaliada em torno de R$ 350 mil. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (15), no pátio de um posto de combustíveis às margens da RJ 116, na altura do bairro Divinéia, Santo Antônio de Pádua.
O motorista de 31 anos, contou que descansava na cabine do veículo, quando os criminosos lhe dominaram e o passassem para o automóvel da quadrilha – um Gol de cor branca – onde ficou de cabeça baixa sob a mira de armas por diversas horas, até ser libertado já pela manhã, em um canavial no município de Campos dos Goytacazes.
Após acionar a empresa transportadora para a qual trabalha, voltou à Pádua e verificou que apenas o reboque da carreta (carroceira – placa OVF 8960), com os grãos, cujo destino seria a cidade de Araras/SP havia sido levada. A 136ª Delegacia registrou, mas até o fechamento desta matéria, não havia pistas dos bandidos.
Da redação da Rádio Natividade

quinta-feira, 16 de março de 2017

Noticia Servirdor RJ: Pezão diz que Estado do Rio vai quitar salário de janeiro dos servidores nesta sexta-feira

Janeiro vai acabar nesta sexta-feira para uma parcela dos funcionários públicos do Estado. O governador Luiz Fernando Pezão confirmou que vai pagar, ao longo do dia, o que resta do salário de janeiro de quem sofreu com o parcelamento. A previsão anterior era de depositar o restante em duas parcelas, nos dias 21, de R$ 3.006, e 22, sobre o que faltasse a ser repassado. Em função da melhora na arrecadação, o governo decidiu antecipar a quitação e encerrar a folha.

— Vamos pagar amanhã (sexta-feira) — disse brevemente o governador.
A partir de agora, a preocupação do Estado é a folha de fevereiro. Somente os servidores ativos, aposentados e pensionistas da Segurança, e ativos da Educação, já receberam seus proventos de forma integral.

O governo trabalha para pagar, o quanto antes, os salários da Procuradoria-Geral do Estado e da Secretaria de Fazenda e Planejamento. As demais categorias devem sofrer com um novo parcelamento dos vencimentos.

Projeto Girassóis em Pádua- RJ

O Projeto Girassóis da Solidariedade tem como objetivo manter viva a chama da solidariedade de forma permanente em nossa Comunidade Educativa,uma parceria da Life/Lambet da UFF.


A noite na Fasap de Pádua é o caos por falta de vagas para veículos!





Alunos ficam as ruas e atrapalham o direito de ir e vir de moradores, quase os atropela, pois não saem da frente.Carros e motos estacionam em qualquer lugar e Fecham a entrada de garagens dos moradores, um absurdo. 

A guarda municipal aparece de vez em quanto ai eles respeitam um pouco.
Mas no horário de 20.30 parece uma festa em frente à faculdade impedindo a passagem de veículos dos moradores. 
A maioria alunos de direitos entre outros alunos, que tal respeitar para ser respeitado?


 Os moradores tem o direito de ir e vir!


O direito de ir e vir está expresso na constituição federal de 1988, que se encontra no artigo 5º, inciso XV: “É livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou sair com seus bens”

Todo cidadão tem direito de se  locomover livremente nas ruas, nas praças, nos lugares públicos, sem temor de serem privados de locomoção”. A população de nosso país encontra algumas irregularidades no direito de ir e vir, muitas vezes o cidadão encontra dificuldade de se locomover nos municípios brasileiros devido a falta de estrutura das calçadas e dos meios de transporte oferecido pelos nossos governantes.




Moradores pedem providencias URGENTES!!!!!!!!!!!!!!!!!!

















 "Moradores se sentem lesados com a quantidade de alunos no bairro e pela falta de estacionamento da faculdade."







MP pede o afastamento do governador em função do não cumprimento de gastos obrigatórios na área da Saúde.

A juíza Luciana Losada, da 8ª Vara de Fazenda Pública do TJ-RJ, pediu, na segunda-feira, a notificação do governador Luiz Fernando Pezão para que ele se defenda da ação do Ministério Público do Rio (MP-RJ), que pede seu afastamento do cargo.

Pezão terá 15 dias, após sua notificação, para se defender. A ação se baseia no crime de improbidade administrativa pelo não cumprimento de obrigações na área da Saúde.

Fonte: Extra

Proprietário de distribuidora de gás é preso por acusação de cartel

Policiais militares lotados no Grupo de Apoio aos Promotores (GAP) cumpriram nesta quarta-feira (15), mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes, contra o comerciante José Antônio Crespo Brandão, de 52 anos. De acordo com levantamentos do jornalismo da Rádio Natividade, ele responde a processo naquele município, onde é acusado de organização criminosa, crime contra a ordem econômica/tributária e concurso material, sendo supostamente integrante de uma cartel de venda de gás de cozinha.
Localizado em sua empresa, uma distribuidora do combustível na Rua Apiacá, bairro Lia Márcia, Bom Jesus do Itabapoana, o envolvido foi apresentado ao plantão da 144ª Delegacia e depois, transferido para a Casa de Custódia de Itaperuna. No local, os agentes ainda apreenderam cheques no valor de R$ 10 mil, além de documentos.
O crime:
Recentemente o MP desarticulou uma organização criminosa que vinha atuando em todo o município de Campos dos Goytacazes e que, de acordo com o órgão, fixava o valor de venda do produto para todas as empresas, indicando formação de cartel. A investigação durou cerca de dois anos e resultou na prisão anterior do presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás (GLT) em Campos, além do proprietário de uma revendedora. Os suspeitos são acusados de interferirem nos preços estipulando a um único valor de revenda – R$ 60 – independente dos custos das empresas.
Da redação da Rádio Natividade – Foto: Jornalismo/Rádio Natividade

Deputados vão votar PEC que proíbe nomeação de pessoas inelegíveis

No dia que o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) cancelou a nomeação da ex-deputada Solange Almeida (PMDB), o Diário Oficial da Assembleia do Rio publicou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que estende para os municípios a proibição da contratação de pessoas inelegíveis.
O impedimento já se aplica a praticamente todos os cargos de livre nomeação.

Deputados Luiz Paulo (PSDB) e Paulo Melo (PMDB).





O texto especifica os seguintes casos: secretários e subsecretários; Procurador-Geral de Justiça, Procurador-Geral do Estado e Defensor Público Geral; superintendentes e diretores de órgãos da administração pública indireta, de fundações, agências reguladoras e autarquias; chefe de Polícia Civil, titulares de delegacias, Comandante-Geral da Polícia Militar, Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, comandantes de batalhões e dos quartéis; reitores de universidades estaduais.

A autoria do projeto é dos deputados Luiz Paulo (PSDB) e Paulo Melo (PMDB).
A proposta - que já ganhou o apelido de "PEC Solange Almeida" na Casa - ainda será votada pelo plenário da Alerj.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Consumidores do Noroeste Fluminense e demais atendidos pela ENEL terão tarifas reduzidas

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o reajuste tarifário anual da Enel Distribuição Rio. As tarifas serão reduzidas, em média, em 6,51% para todos os clientes da distribuidora. Para os consumidores de baixa tensão, em sua maioria clientes residenciais, o reajuste negativo será, em média, de 6,24%. Já para os clientes de média e alta tensão, a redução será, em média, de 7,12%.

O reajuste anunciado nesta terça-feira (14), já está valendo e reflete, principalmente, os menores custos com a compra de energia no país. Enquanto a tarifa da Enel Distribuição Rio recua, a inflação acumulada nos últimos 12 meses está em torno de 5%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M).
Segundo José Alves, diretor de Regulação da Enel no Brasil, fatores como o alto índice de furto de energia contribuem para pressionar para cima o valor das tarifas. “As perdas não técnicas da Enel Distribuição Rio, causadas por furto de energia, sobre o mercado de baixa tensão da companhia chegam a 24% ”, ressalta José Alves. “A tarifa final repassada aos consumidores poderia ser menor se a situação do furto de energia não fosse tão grave no Estado do Rio”, explica.
Atualmente, o índice geral de perdas da Enel Distribuição Rio em toda a área de atuação da companhia (66 municípios do Estado do Rio de Janeiro) é de 19,38%. Isso significa que quase 1/5 de toda energia distribuída pela empresa é desviada por meio de ligações irregulares, fenômeno que pressiona o valor das tarifas, fazendo com que os consumidores regulares paguem mais do que pagariam se os índices de furto não fossem tão elevados.
O fenômeno tem sido agravado na área de concessão da Enel Distribuição Rio em razão do crescimento de áreas de risco, em que a Enel tem dificuldades de atuar por causa da violência, sobretudo nos municípios da Região Metropolitana do Estado atendidos pela empresa, como Niterói, Duque de Caxias e São Gonçalo. Segundo estimativas da empresa, o número de clientes localizados em áreas de risco cresceu quase 500% desde 2008, passando de 75 mil para cerca de 450 mil – ou 15% da base total de clientes da empresa.   
 Composição da tarifa 
Somente 21,1% da conta de luz se destina ao serviço de distribuição de energia operado pela Enel Distribuição Rio. Ou seja, numa conta de luz no valor de R$ 100, apenas R$ 21,1 são destinados à distribuidora, para operação, expansão e manutenção da rede de energia elétrica. Veja abaixo como ficou a composição da conta de energia após aprovação do reajuste tarifário divulgado hoje:

Valor pago a mais será devolvido
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) também informou que o R$ 1,8 bilhão a mais pago pelos consumidores de energia no ano passado serão devolvidos diretamente nas contas de luz nos próximos meses. Segundo o diretor-geral da agência, Romeu Rufino, a diretoria vai decidir no dia 28 de março como será feita essa devolução.
 “Todos os consumidores deixarão de pagar esse valor a partir da decisão que tomaremos no dia 28. E o valor que se pagou nesse período, da data do aniversário [tarifário da distribuidora] de 2016 até o dia 28 de março, será prontamente devolvido. Não vai se esperar o período tarifário de 2017/2018 para devolver”, disse Rufino.
A previsão é que o valor seja devolvido entre abril e maio, já com a correção pela Selic, a taxa básica de juros da economia.
Vai haver devolução porque o custo da energia proveniente da termelétrica de Angra 3 foi incluído nas tarifas do ano passado, mas a energia não chegou a ser usada porque a usina não entrou em operação. Na semana passada, a Aneel havia informado que os consumidores seriam ressarcidos desses valores com reajustes menores nas tarifas este ano. Mas hoje a agência anunciou que vai fazer a devolução diretamente na conta de luz.
Rufino acrescentou que o valor de R$ 1,8 bilhão foi parcialmente cobrado dos consumidores uma vez que o montante foi incluído no processo de reajuste de cada concessionária em 2016, de acordo com o seu aniversário tarifário. “Portanto, dependendo do período em que foi incluído na tarifa, cobrou-se só proporcionalmente daquela data até a data de hoje”, disse.
Da redação da Rádio Natividade

Primeira morte por febre amarela no Estado do Rio é confirmada em Casimiro de Abreu

A Secretaria estadual de Saúde do Rio confirmou, nesta quarta-feira, os dois primeiros casos de febre amarela no estado, entre elas a primeira morte. Os casos foram registrados em Casimiro de Abreu, em dois homens sem histórico de viagens para regiões com circulação comprovada do vírus que transmite a doença. Atualmente, o Estado do Rio registra 36 casos suspeitos da doença.

O pedreiro Watila Santos, de 38 anos, que morreu poucas horas após dar entrada, no fim de semana, no Hospital Municipal Ângela Maria Simões Menezes, em Casimiro de Abreu, estava com a doença, de acordo com o laudo divulgado nesta quarta-feira.Ele morava com a família, composta por cerca de 30 pessoas, incluindo crianças, num terreno na localidade conhecida como Córrego da Luz. As sete casas do local são humildes, num chão de terra batida. A região, dizem os moradores, é infestada de mosquitos. 

A prefeitura garante que agentes fizeram no local uma nova varredura com larvicida na segunda-feira para eliminar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, chincungunha, zika e febre amarela.

A cunhada Camila Oliveira da Silva, de 27 anos, conta que Watila procurou ajuda três vezes na última semana. Segundo ela, ele deu entrada na terça-feira com falta de ar, mas os médicos disseram que era sinusite. Na quinta-feira, ele voltou a passar mal, também com falta de ar, mas mandaram ele voltar para casa dizendo que era uma virose. Na sexta, ele estava muito mal, vomitando e foi levado para o hospital pela terceira vez pelo Corpo de Bombeiros, onde morreu.

Diante dos resultados, comprovados através de exames, a secretaria vai acelerar a estratégia de vacinação em todo o estado, anunciada no último sábado. A imunização será antecipada em 24 municípios nas regiões Norte, Noroeste, Serrana e dos Lagos e no entorno da reserva do Poço das Antas — além dos 30 municípios que já faziam parte de um cinturão de bloqueio desde o final de fevereiro.


Idoso é preso em Itaperuna após ser acusado de abusar de adolescente

Policiais militares do 29º BPM cumpriram nesta terça-feira (14), mandado de prisão expedido pela Justiça de Itaperuna, contra o motorista Valdecir Antônio de Souza, de 70 anos. O envolvido, que é servidor da prefeitura da cidade, desde outubro do ano passado, respondia por estupro de vulnerável, após ter sido denunciado na 143ª Delegacia, por ter seduzido e abusado reiteradas vezes de uma adolescente de 13 anos, que inclusive, teria ficado grávida. Localizado na Rua Francisca Sales Figueira, na área central da cidade, foi conduzido até o plantão da distrital, e de lá para a Casa de Custódia, onde permanecerá à disposição das autoridades.
Da redação da Rádio Natividade

Oportunidade de Emprego Pádua- RJ 2 Vagas !!!

OPORTUNIDADE DE EMPREGO: O PADUANO ESPORTE CLUBE ESTÁ CONTRATANDO SALVA-VIDAS (COM DOCUMENTOS ORIGINAIS E VERDADEIROS), CONTRATANDO TAMBÉM COZINHEIRA PARA TRABALHAR NO REFEITÓRIO DO CLUBE. INTERESSADOS PROCURAR A SECRETARIA DO PADUANO.


Fonte: Facebook Paduano Esporte Clube

Pezão quer utilizar R$ 270 milhões desviados por Cabral para pagar 13º salário de inativos

Servidor, informação importante na ultima segunda-feira. O governo do Rio esta em negociação, na Justiça, para recuperação dos valores desviados pelo ex-governador Sérgio Cabral. O que entrar no caixa do Estado será destinado ao pagamento do 13º salário de aposentados com proventos até R$ 3.500.

O governo do Rio trabalha para anunciar, nos próximos dias, a recuperação de valores desviados pelo ex-govenador Sérgio Cabral, alvo da operação Lava-Jato. Segundo membros do alto escalão do Palácio Guanabara, a esperança é que algo em torno de R$ 270 milhões entre nos cofres estaduais. A “receita extraordinária” será utilizada para pagar o 13º salário de aposentados do estado com proventos até R$ 3.500. A previsão é de que isso aconteça até o fim do mês.

A negociação tem à frente a Procuradoria-Geral do Estado (PGE). Segundo membros da própria procuradoria, foi de iniciativa do Tribunal Regional Federal convidar o Rio de Janeiro para negociar a transferência dos ativos bloqueados. O Estado mostrou interesse em ter o dinheiro, o que deu início às conversas. Além do Tribunal Regional Federal, o Ministério Público Federal também participa desta negociação.

Oficialmente, o Palácio Guanabara não comenta o caso. A PGE também não adiantou qualquer informação sobre tema, apenas confirmou que existe uma negociação em curso.
No último sábado, a coluna do jornalista Ancelmo Góis, de O Globo, informou que um ato público está sendo preparado para anunciar a devolução do dinheiro desviado por Sérgio Cabral ao Estado do Rio.

Fonte: Jornal Extra

Após problema bancário, servidores da Segurança começam a receber os salários

Servidores ativos, aposentados e pensionistas já começaram a receber os salários de fevereiro. As primeiras confirmações foram feitas pela página do Servidor do Extra, no Facebook. Os depósitos começaram a cair às 19h30. Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, um problema atrapalhou o dia de pagamento.

— Tivemos um problema no fluxo (bancário), mais ainda vai sair (o pagamento) hoje. Até as 21h todos terão recebido — disse Pezão.

Durante o dia, uma mensagem circulou em grupos de servidores dando conta de um bloqueio feito pela União sobre o Tesouro Estadual. A Secretaria de Fazenda, por sua vez, garantiu que nada foi feito e confirmou os depósitos até o fim desta terça-feira.

Fonte: Jornal Extra

Médico sofre acidente pista molhada pode ter sido a causa do capotamento

Trecho tem alto índice de acidentes e a pista estava molhada no momento do acidente carro teria derrapado na pista.

O médico Jhory Peixoto de Araújo passou por um susto no início da tarde desta terça-feira (14). Ele dirigia seu carro quando o veículo derrapou sobre a pista molhada e capotou. O acidente aconteceu por volta do meio-dia na RJ-116, próximo ao trevo de acesso à São Sebastião do Alto.Jhory estava sozinho no carro. Ele saiu sem nenhum ferimento. “Ainda nem acredito que meu filho está vivo. Ele conseguiu sair do carro sozinho e ileso.”, contou a mãe.

Quando o veículo do médico capotou, a pista estava molhada por conta da chuva. Como não houve vítimas no acidente, a Polícia Rodoviária Estadual apenas orientou o motorista a registrar o acidente pela internet.
Fonte: Adilson Psiu
Fotos: Divulgação

Vaca atravessa rodovia e provoca acidente

Animal foi atropelado por uma moto e em seguida por um carro. Na moto um casal ficou ferido.

Duas pessoas ficaram feridas no final da noite desta terça-feira (14) na localidade da Serrinha, em Aperibé. Uma vaca teria atravessado a RJ-116 e surpreendido um casal que estava em uma moto. O motociclista não conseguiu desviar e acabou atropelando o animal. Um carro que vinha logo atrás também acabou atropelando a vaca novamente.


   Na moto, o motociclista "I.B.L.R.", de 21 anos, e sua esposa "G.M.B.R.", de 22, ficaram feridos. Ambos foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros de Itaocara com a ajuda de populares. Após receber os primeiros socorros no local pelos bombeiros, o casal foi encaminhado para o Hospital Augustinho Gesuald Blanc, em Aperibé. Segundo a unidade de saúde, os dois estão fora de risco, mas continuam internados em observação. 

   No carro que atropelou a vaca em seguida, nenhum ocupante se feriu. O motorista relatou que não havia observado a vaca caída na pista por ter focado o olhar no casal ferido sobre o asfalto. O animal morreu no local.


   Em conversa com a nossa equipe de reportagem, moradores da Serrinha voltaram a falar sobre a necessidade de um quebra-molas devido ao alto índice de acidentes, além de uma fiscalização mais rigorosa em relação aos animais soltos na rodovia.


Fonte: Folha Itaocarense