sábado, 28 de maio de 2016

AGORA! Tiroteio no bairro Cehab em Santo Antonio de Pádua assusta moradores










Um  tiroteio  assustou moradores de Pádua na Av. João Jabisk,agora a noite  deste sábado (28) e dois jovens de 18 e 23 anos foram baleados,um dos baleados passava pelo local e não tem envolvimento com o trafico na cidade.
Um carro que estava estacionado foi atingindo com uma das balas.

Os jovens foram socorrido pelo corpo de bombeiros e se encontram neste momento no Hospital Helio Montezzano,fazendo exames para retirada das balas.Familiares se encontram no hospital a espera de noticias dos jovens.


A Policia Militar fechou os acessos ao local a procura do atirador que se encontra em uma moto cinquentinha.

Até o momento a unidade não repassou maiores informações. estamos no aguardo de esclarecimentos dos fatos.
O local é movimentado por crianças devido aos Trailers de lanches e sorvetes,o que deixou a todos apavorados com a situação.

Muitos diziam  " Pádua não é mesma,acabaram com a nossa paz e tranquilidade".





Fotos e texto:   Jornalista Márcia Mendes















PMS procuram projetis de balas no local 





sexta-feira, 27 de maio de 2016

Vítima de estupro coletivo faz postagem no Facebook








A jovem de 16 anos que foi vítima de um estupro coletivo, usou suas redes sociais para agradecer o apoio que tem recebido da população. A adolescente foi dopada e abusada por 30 homens. As imagens da jovem ferida e desacordada foram divulgadas no Twitter na noite de terça-feira, 24, e causaram revolta. Muitos internautas ajudaram a denunciar os perfis que haviam divulgado as fotos e vídeo da adolescente e a polícia já identificou alguns dos suspeitos.

“Venho comunicar que roubaram meu telefone, e obrigada pelo apoio de todos. Realmente pensei que seria julgada mal”, publicou a vítima em seu perfil no Facebook. Em cerca de 2 horas, segundo o site Extra, a postagem já somava 1700 curtidas, 227 comentários e 25 compartilhamentos.

Em meio às mensagens, muitas eram de solidariedade. “Não te conheço, mas sou mulher igual a você, me doeu muito ver isso”, “Apoiador de estupro, incentivando e falando que a menina foi com as próprias pernas, e se fosse sua irmã? Sua prima? Será que pessoas que culpam a menina não têm família? Está faltando Deus nesse mundo”, “Mana, eu não te conheço, mas você não está sozinha nessa! Estou contigo, essa luta é nossa! Não se desculpe de nada, você não é culpada de nada”, comentaram alguns internautas.

Quatro envolvidos no crime já foram identificados e terão as prisões preventivas decretadas. Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, e Michel Brazil da Silva, de 20 anos, são acusados de divulgar as imagens da vítima. Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, é o namorado da vítima e seria o responsável por planejar o estupro. Raphael Assis Duarte Belo, de 41 anos, aparece em fotos ao lado da jovem, desacordada, nua e ferida. Raphael já trabalhou como apoio a operador de câmera dos estúdios Globo, mas foi desligado em agosto de 2015.

Vídeo com garota sendo estuprada por mais de 30 homens gerou revolta no mundo.

'NÃO DÓI O ÚTERO E SIM A ALMA', DIZ MENINA ESTUPRADA POR 33 HOMENS!











Um crime chocou o Brasil e teve repercussão planetária. Uma menina de 16 anos passou por um estupro coletivono Rio de Janeiro. Ela fala que chegou a ver "33 homens em cima dela". Em um vídeo publicado na internet, um dos suspeitos confirma que a ação ocorreu com mais de 30 homens. A polícia civil tenta agora identificar o número exato de pessoas envolvidas no crime. Quatro deles tiveram prisão preventiva expedida. Um dos homens é namorado da vítima. Ele é suspeito de ter premeditado a ação após acreditar que teria sido traído. Na  sexta-feira, 27, a jovem usou uma rede social para falar a respeito da barbárie que sofreu. " Não, não doí o útero e sim a alma por existirem pessoas cruéis sendo impunes! (SIC)", escreveu ela. Não vamos identificar o nome da garota por se tratar de uma menor de idade. 
Não é a primeira vez que a adolescente de 16 anos fala sobre a grave ação registrada no Rio de Janeiro. Na quinta-feira, 16, ela agradeceu no Facebook por todo o apoio que recebeu na internet. O caso causou revolta e está presente em praticamente todas as redes sociais, com pessoas discutindo o que chamam de "cultura do estupro", quando tenta se colocar a culpa na vítima ou nas circunstâncias para tentar justificar um crime bárbaro. "Pensei que seria julgada mal", disse a menina que revelou a policiais que não lembra de ter usado drogas durante o ato. Ela revelou ter sido dopada e acordado um dia depois ao lado das dezenas de homens. Ao perceber que estava sendo estuprada e sentindo fortes dores, ela decidiu vestir a primeira roupa que viu (de homem), pegar um táxi e ir embora para casa. 


Um dos homens que publicou as imagens do crime na internet e teve seu pedido de prisão preventiva é Marcelo, de 18 anos e estudante do ensino médio. Segundo o rapaz, ele não conhece nenhum dos envolvidos no estupro coletivo. Ao advogado, o acusado revelou que não sabia também que a garota era menor e que o que estava compartilhando era um crime. Mesmo que isso seja comprovado, ele deve ser indiciado pelo compartilhamento das imagens. 






Operação Fecha Quartel – 25/05/2016



6° Comando de Policiamento de Área, nesta quarta-feira, dia 25/05/16, véspera de Feriado prolongado, deu início a Operação Fecha-Quartel em suas áreas subordinadas: 8º BPM, 29º BPM, 32º BPM, 36º BPM, tendo como objetivo garantir a integridade física da população, a prevenção de delitos e redução da mancha criminal. Serão realizadas ao longo do dia nos batalhões subordinados ao 6° CPA operações policiais militares de AREP III (revista) e OpFis (Fiscalização) que visa revistar coletivos, veículos particulares e motos com a finalidade de apreender armas, tóxicos ou quaisquer outros materiais utilizados para a prática de crime ou contravenção, bem como recuperar veículos.
Na área do 8º BPM estão sendo empregados 20 Policiais Militares, distribuídos em 08 pontos de interceptação com o auxilio de 04 viaturas durante toda a Operação. Na área do 29º BPM, estão sendo empenhados 46 policiais militares, 04 viaturas e 03 motos patrulhas em 12 pontos de interceptação distribuídos nos municípios de Itaperuna e Varre Sai. Na Área do 32º BPM são 42 Policiais Militares que estão sendo empregados ao longo do dia, além de 06 viaturas e 08 motos em 37 Pontos de interceptação. E na área do 36º BPM estão sendo empregados 37 policiais militares, 06 viaturas e 03 motos patrulhas com 05 pontos de interceptação.  
Com o resultado parcial às 13h da Operação Fecha Quartel desencadeada pelo 6º Comando de Policiamento de Área, realizada durante o dia de hoje, na área do 8º BPM até o momento foram abordados 111 veículos, 45 veículos foram infracionados e 43 veículos apreendidos. Na área do 29º BPM foram abordados 140 veículos, 14 veículos infracionados, 10 veículos removido. Na área do 32º BPM obteve-se como resultado até o momento, 246 veículos abordados,27 infracionados e 24 veículos apreendidos. E, por fim, na área do 36º BPM foram abordados 78 veículos, 15 veículos removidos e 19 veículos notificados. 


--
Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM
Tel.: (22) 3853-3186














Fiéis montam tapetes de Corpus Christi em Santo Antonio de Pádua - 2016

Eles usam serragem, flores, pó de café, sal e materiais reciclados. 



Tapetes são usados na passagem das procissões que foram realizadas após as missas que marcam a data.






Fiéis montaram tapetes para celebrar o Corpus Christi em diversas cidades do país na quinta-feira (26). Eles usam serragem, flores, pó de café, sal e materiais reciclados nos desenhos coloridos de inspiração religiosa. Os tapetes são usados na passagem das procissões que marcam a data. Confira como foi a celebração no município de Pádua.




Fiéis de vários bairros de Santo Antônio de Pádua interior do Rio de Janeiro participaram das missas e das procissões em celebração a Corpus Christi.
Nas igrejas matrizes de Santo Antônio de Pádua, Nossa Senhora das Graças e Santo Antônio, fieis participaram da missa celebrada pelos padres Maxwell, Lindomar, Silvano, João Carlos, Fagner. Para preservar a tradição da Igreja Católica, tapetes com desenhos bíblicos foram montados no pátio das igrejas e ruas da cidade, com serragem e pó de café, para a passagem do Santíssimo.


Na igreja matriz de Santo Antônio de Pádua e Nossa Senhora Das Graças, houve missa campal no final da tarde, onde fieis agradeceram às bençãos  recebidas. Em todas as procissões o número de crianças, participantes foi grande tanto na decoração dos tapetes como nas missas.



No Brasil, a festa passou a integrar o calendário religioso de Brasília, em 1961, quando uma pequena procissão saiu da Igreja de madeira de Santo Antônio e seguiu até a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima. A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais.
A celebração de Corpus Christi consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento.























































































 


Repórter: Márcia Mendes