quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Milla Computadores!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Padaria Ipanema!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


















Padaria Ipanema Deseja a todos boas festas!


E não se esqueçam de encomendar,Panetone Salgado,Panetone com frutas cristalizadas,pão de rabanadas,e rabanadas prontas,gente é uma delicia eu já experimentei e garanto!!!!!!!!!!!!!



Vereador Tourinho!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Vereador Alexandre Brasil e Família deseja a todos um Feliz Natal


Padaria Mirante!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Mensagem de José Renato!!!!!!!!!!!!!!!!!


Ótica Boa Visão!!!!!!!!!!!!!!!!!


Mensagem de natal das lojas: Achei 1,99 e Estoque 1,99 para você cliente e amigos!!!!!!!!!!!



Sãos votos do futuro presidente em 2016 da Câmara de Aperibé!


Sãos votos do futuro prefeito de Aperibé em 2016!!!!!!!!!!!!


São os votos de Dr. Flávio e esposa!!!!!!!!!!!


São os votos de D' Macedo!!!!!!!!!!!!!


São os votos do prefeito de Miracema!!!!!!!!!!!!!


GIRASSOL DESEJA BOAS FESTAS A TODOS CLIENTES E AMIGOS!











E  APROVEITE FAÇA SUAS COMPRAS PELO ZAP OU NO FACEBOOK  DA LOJA.
.NÃO DEIXE A CORRERIA DE FINAL DE ANO,ATRAPALHAR SUA COMPRA DE NATAL,,DEIXE SEU PEDIDO!

E UM FELIZ 2016 DE MUITA SAÚDE,PAZ E AMOR!!!!!!!!!!!!!!!!!!























domingo, 20 de dezembro de 2015

Cariocas aproveitam domingo de sol nas praias do Rio




Com temperaturas acima dos 32º C, capital fluminense deve ter pancadas de chuva



Com temperaturas oscilando entre 32,5º C e 22,7º C na região metropolitana do Rio de Janeiro, os cariocas aproveitaram o domingo (20) de sol nas praias

FIRJAN: mais carga tributária não é a solução




Levantamento do Sistema FIRJAN aponta que os custos com os possíveis aumentos de impostos no estado do Rio de Janeiro podem chegar a R$ 4,4 bilhões em 2016. Isso significa que cada cidadão fluminense terá que pagar, em média, R$ 269 a mais em tributos por ano, caso sejam aprovados os projetos de lei relacionados à criação da Taxa de Fiscalização de Petróleo e Gás, da Taxa de Fiscalização de Energia Elétrica; e do aumento do Fundo Estadual de Combate à Pobreza e às Desigualdades Sociais (FECP), do IPVA e do ITD.
Para a Federação, a solução para a crise econômica que vive o país não está em novos aumentos da já elevada carga tributária, pelo contrário. Há anos sufocadas por uma carga tributária que supera 45% de tudo que produzem, é até natural que diversas indústrias tenham dificuldade em colocar suas contas em dia, não só os impostos. Nesse ambiente, aumentos e criação de novos tributos tipicamente têm o potencial de agravar ainda mais a situação das empresas e do próprio governo, produzindo efeitos contrários aos desejados, ou seja, podem levar inclusive à queda da arrecadação. Na prática, podem resultar em um desestímulo às atividades formais que sobreponha o aumento das alíquotas, gerando uma perda de receita para o estado.

A propósito, é exatamente isso que a experiência mostra em relação à criação do Fundo Estadual de Combate à Pobreza e às Desigualdades Sociais (FECP), em 2002.  Houve queda significativa de desempenho da arrecadação fluminense em relação a outros estados nos anos que se seguiram à criação dos adicionais de ICMS para o FECP. Em 2004, inclusive, o estado do Rio de Janeiro perdeu para Minas Gerais a segunda colocação em arrecadação de ICMS.

O Sistema FIRJAN ressalta que mantém um constante diálogo com o governo do estado e está sempre disposto a colaborar com o poder público para superar a crise econômica. A Federação defende de forma contundente a adoção de medidas que apontem para um ajuste fiscal permanente, de longo prazo, com redução de gastos públicos nos três níveis de governo. Nesse sentido, merece reconhecimento o grande esforço em cortar gastos demostrado recentemente pelo governo estadual.


Assessoria de Imprensa
Representação Regional FIRJAN/CIRJ - Norte Fluminense

Festa das Famílias,mais uma vez faz sucesso em São Fidélis.‏




A tradicional festa das famílias realizada pela Prefeitura Municipal de São Fidélis através da Secretaria Municipal de Assistência Social, aconteceu nesta última terça dia (15),para as famílias assistidas no CRAS Filotéia Bragança ,que fica situado no bairro São Vicente de Paula.
  O evento desta vez chamou mais ainda a atenção de quem passou por perto, pois um enorme boneco inflável do Papai Noel, foi colocado logo na entrada do CIEP Joaquim Maia Brandão.
  Havia brinquedos infláveis, pula-pula e lanche para as famílias que compareceram. Aproximadamente três mil pessoas passaram por lá e prestigiaram a festa.
  O Secretário de Assistência Social Higor Porto fez o uso da palavra, e falou do carinho, e da admiração para com as famílias ali representadas,desejou um feliz natal a todos, e fez questão de enfatizar, que mesmo em meio as dificuldades financeiras que passa o país,esforços foram feitos e valeu a pena, afinal,muitas famílias esperam por este dia. Higor Porto falou ainda que cada família levaria para casa uma cesta básica e uma ave cheff temperada, para tornar ainda mais bela a ceia de natal.
    O Prefeito Luiz Fenemê esteve presente com sua família, e  deixou uma mensagem de carinho e felicitações de natal para todos.
     A festa foi recheada de brincadeiras,várias apresentações de Igrejas locais com coreografias, e também a apresentação do Grupo Danç'art do Barão de Macaúbas. 
      Niltinho Santos da Igreja Batista Jardim do Senhor cantou e a população abrilhantou a noite com a presença em massa.

-- 
           Anny Fernandes/ PMSF
Secretaria de Comunicação Social.

















Associação de aquicultores de Búzios tem até o dia 21 para arrecadar o valor total de seu projeto de crowdfunding













Desenvolvida com o auxílio da Fiperj, proposta pretende juntar mais de R$ 14 mil por meio de site de financiamento coletivo

Vai até o próximo dia 21 o projeto de crowdfunding – financiamento coletivo – que a Associação dos Trabalhadores na Aquicultura (ATA) de Armação dos Búzios, na região das Baixadas Litorâneas, está participando. Com a finalidade de arrecadar recursos a serem investidos na fazenda marinha de ostras, mexilhões e vieiras da associação, a proposta foi desenvolvida com o auxílio da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj) e selecionada em ação de incentivo ao empreendedor local promovida pela distribuidora de energia elétrica Ampla e pelo Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), por meio do programa Cidade Inteligente Búzios. A cada R$ 1,00 doado por meio do site Benfeitoria (também parceiro na ação), a ATA ganha mais R$ 1,00 da Ampla, dobrando assim o dinheiro arrecadado. O site promove campanhas com a política do “é tudo ou nada”, por isso, se o valor total não for alcançado até a data prevista, a proposta é cancelada.

O objetivo da associação é arrecadar R$ 14.400,00 para a compra de um motor de popa com potência de 15HP e um lava a jato de alta pressão à gasolina, visando o desenvolvimento da maricultura (produção de organismos aquáticos em ambiente marinho) local, aumento da produtividade, e geração de emprego e renda para a comunidade. A aquisição do motor deve contribuir ainda para a melhoria da qualidade de vida dos produtores associados, que atualmente precisam remar em caiaques e pranchas por aproximadamente 1,5 quilômetro para chegar à fazenda, tendo um excesso de esforço físico e correndo risco de acidentes em dias com ventos e ondas fortes. Já o lava a jato vai facilitar o manejo diário, acelerando todo o processo, uma vez que hoje a lavagem das estruturas de cultivo (como lanternas, redes, cabos, caixa, etc.) é feita manualmente, demandando mais tempo. Além disso, a embarcação motorizada poderá inovar o turismo de base, oferecendo um atendimento mais adequado aos turistas e visitantes interessados na atividade.

Para o presidente da ATA, o maricultor Manuel Azevedo dos Santos, de 48 anos, a ajuda da Fiperj, por meio do Escritório Regional das Baixadas Litorâneas, foi fundamental. A instituição auxiliou na elaboração da proposta apresentada à Ampla.

- A Fundação tem apoiado a gente sempre que precisamos fazer um projeto para participar de programas de incentivo à atividade. Essa foi a segunda vez este ano que nos inscrevemos em iniciativas como essa e ficamos muito felizes em passar nesse processo seletivo. Agora esperamos conseguir arrecadar o total pedido para comprar os equipamentos que precisamos para melhorar nossa estrutura e fortalecer a produção - disse.

Se o valor total não for alcançado até a data prevista, os benfeitores (como são chamados os que colaboram) receberão o seu dinheiro de volta. Mas se a meta for alcançada, as pessoas que ajudarem poderão ganhar recompensas que variam de acordo com o valor doado: indo de uma foto com agradecimento; ostras e mexilhões; passeios de barco pela fazenda, com e sem degustação; até um espaço para divulgação no folder informativo da ATA. Para contribuir ou obter mais informações acesse: www.benfeitoria.com/fazendamarinha.

A Associação - Criada em 2010 por pescadores artesanais e representantes de comunidades quilombolas da região da Rasa, em Búzios, a ATA tem sede na praia Rasa, e conta com o trabalho de 13 famílias.

Fiperj representará o setor da pesca e aquicultura em conferência estadual de assistência e extensão rural

Técnicos da Fundação estão entre os delegados do poder público das regiões Costa Verde, Norte e Noroeste
















A Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro será um dos órgãos públicos a representarem regiões do estado na Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que deve acontecer até abril do próximo ano. Os delegados da Costa Verde, do Norte e do Noroeste foram definidos durante duas etapas territoriais, nos últimos dias 15 e 16.

Com o objetivo de selecionar os representantes da sociedade civil e do poder público e discutir propostas que serão levadas ao encontro de 2016, os eventos contaram com mais de 50 pessoas cada. Na etapa estadual, serão escolhidos os delegados que representarão o Rio de Janeiro na 2ª Conferência Nacional de Ater (CNATER) e os principais debates e demandas acerca do assunto.

Norte e Noroeste – O Norte e Noroeste do estado se reuniram e promoveram uma única Conferência Territorial de Ater, que selecionou 18 delegados para representar cada território, sendo 12 da sociedade civil e 6 de instituições públicas. Na primeira região, a Fiperj foi escolhida para representar o setor da pesca e aquicultura por meio do chefe do Escritório Regional (ER) Norte I (com sede em Campos dos Goytacazes), Luis Bernabe Castillo; e na segunda, por meio da chefe do ER Noroeste I (localizado em Santo Antônio de Pádua), Caroline Lisboa, e da extensionista Aline Thomasi. O evento aconteceu na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), em Campos, no último dia 15, e contou também com a presença do chefe interino do ER Noroeste II (sediado em Itaperuna), Diogo Fonseca, e do analista de recursos pesqueiros do ER Norte I, Sergio Luiz.

Costa Verde – No encontro do Território Rural da Baía de Ilha Grande foram selecionados 14 delegados (9 da sociedade civil e 5 do poder público) e o extensionista Fausto Silvestri do ER Costa Verde da Fundação (com sede em Angra dos Reis) foi o escolhido para representar o setor na região. Além dele, o extensionista Genaro Barbosa participou da conferência, que aconteceu no Espaço de Eventos Hilux, em Itaguaí, no último dia 16. A Fundação disponibilizou ainda uma van para o transporte de representantes de órgãos públicos, prefeituras e comunidades tradicionais e pescadores, dos municípios de Paraty, Angra e Mangaratiba.

Conferência Nacional – A 2ª CNATER está prevista para acontecer entre os dias 31 de maio e 3 de junho de 2016, com o tema “Ater, agroecologia e alimentos saudáveis”. O objetivo é estabelecer estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da Ater pública e de qualidade aos agricultores familiares e produtores rurais do Brasil, visando ampliar a produção de alimentos para todos. Realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a etapa nacional é precedida de conferências territoriais, municipais, intermunicipais e estaduais.

Sobretudo de fibra de vidro e top que vira vestido são destaques em desfile no SENAI Espaço da Moda


As criações dos alunos foram inspiradas na década de 1960 e somaram tecnologia ao retrô com materiais inusitados e funcionais






Um sobretudo feito de tecido de fibra de vidro, por cima de uma peça praia no melhor do estilo “bond girl” abriu um desfile na última quarta-feira (16), no SENAI Espaço da Moda. O evento foi trabalho de conclusão de curso da turma de qualificação profissional em modelagem. Os alunos foram desafiados a criar peças inspiradas na década de 1960, adicionando a tecnologia dos tecidos funcionais ao retrô em referências do cinema e figuras icônicas da época.

Foram criadas peças de moda praia, fitness e algo mais casual classificado como “modinha”. A ideia foi fazer sugestões para o Verão 2016 com tecidos tecnológicos que utilizam proteção UV e propriedades antibacterianas.

Quem idealizou o sobretudo foi a aluna Natália Ballot, de 28 anos, que nunca tinha mexido com costura na vida antes de começar a qualificação. Ela conta que foi um desafio costurar a mão a fibra de vidro sobre uma base de algodão cru e que as falhas que iam aparecendo acabaram incorporadas a peça dando um aspecto rústico ao resultado final. A matéria prima pouco usual faz parte da vida da aluna. O pai de Natália trabalha montando paredes de escalada e usa o material no processo. “Nós tínhamos a proposta da inovação e da preservação ambiental, então acabei descobrindo um novo uso para a fibra de vidro que também faz parte da minha história”, ela relata.

Já Bruno Nova, responsável pelo vestido que vira top, tem 26 anos e estuda muda desde 2011. Bruno vem de família de confeccionistas e era tatuador, trocou a tinta pelos tecidos. Ele conta que a proposta era criar uma peça funcional que pudesse ser utilizada em mais de um tipo de ambiente durante um mesmo dia. Priorizou a praticidade de precisa sair do trabalho direto para a academia, por exemplo. “Usei referências da década, como recortes retos e básicos, bem definidos, botões que sustentam o compartimento onde fica alojada a saia do vestido quando não está sendo usado, e uma transparência sutil no recorte da frente e nas costas feita em tecido Mesh Light”, explica Bruno. 

A professora do SENAI, Livia Moreno, conta que os alunos modelaram as peças baseados nas medidas das modelos. “Eles foram incentivados a ousar pondo em prática o que aprenderam durante o curso e acompanhando tendências e orientações específicas como o retrato de uma época”, explica a professora.
Uma das metodologias utilizadas no processo de ensino do SENAI são os Projetos Integradores. A proposta é unir alunos de diferentes cursos e desafiá-los a criar soluções inovadoras para provocações da vida real. No caso dessa turma, o trabalho final se traduziu em um desfile completo com direito a DJ e fotografia. O curso de qualificação em modelagem tem 240 horas distribuídas em cerca de seis meses de duração.

Referências

O sobretudo de tecido de fibra de vidro, que vai por cima de uma peça praia, remete a atmosfera dos filmes do James Bond. Outra inspiração foi um dos cem nomes mais influentes da história da moda, eleita pela revista TIME, Brigitte Bardot, atriz francesa que foi sexy simbol da década de 1960. O clássico do cinema, Bonequinha de Luxo, também foi uma das referências. Estrelado por Audrey Hepburn em 1961, foi divisor de águas no universo da moda com o famoso vestidinho preto Givenchy, sapatilhas e pérolas que fizeram da personagem Holly Golightly um ícone de estilo.

Versatilidade também foi uma das apostas dos alunos, como o exemplo vestido que vira top. A minissaia e os vestidos trapézios que foram febre na época também ganharam menção dos alunos. Junto com roupas de malha ajustadas e meias coloridas o estilo ganhou espaço pela figura da modelo, atriz e cantora britânica Lesley Lawson, a Twiggy, considerada uma das primeiras super modelos do mundo.

_______________________Contato de imprensa
Fabrício Rocha
Assessor de Imprensa
Centro Norte Fluminense

NATAL: Papai Noel em Cambuci- 36º BPM‏













NATAL:
Um momento doce e cheio de significado para nossas vidas. Tempo de repensar valores , de ponderar sobre a vida e tudo o que a cerca. É momento de nos entregarmos à verdadeira essência do Natal, o nascimento de Jesus. Que não nos falte o amor, a Fé e a Esperança.
Neste espírito natalino, no município de Cambuci, Papai Noel trouxe alegria às crianças assistidas pela APAE- Associação de Pais e Amigos de Crianças Especiais, apoiados pela Polícia Militar numa bela e emocionante carruagem. Ele veio trazer uma mensagem de Paz e Esperança para os corações neste Natal e Ano Novo que esta por vir.
-- 
Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM

MUNICÍPIO DE CARDOSO MOREIRA – RJ DÁ EXEMPLO DE BOA ADMINISTRAÇÃO EM MOMENTO DE CRISE













Nesta crise que o Brasil atravessa de ética, moral e financeira, o Município de Cardoso Moreira me chamou atenção pela boa administração aos olhos da população, nunca se realizou e concluiu tantas obras em tão pouco tempo.
Clinica da família, hospital todo reformado e equipado com frota de carros novos e um bom atendimento, quadra poliesportiva na sede e no interior, campo com grama sintética, galpão no parque exposição, asfalto com acesso ao cristo redentor, reforma da ponte, obras para todos os cantos do município, implementou uma dinâmica moderna na assistência social e educação e passagem a 1 real dentro do Município. Para fechar com uma administração moderna e arrojada não demitiu nenhum funcionário, mostrando quando se tem um governo serio e comprometido com a sociedade quem ganha é o povo. Pois só não vê quem não quer, Cardoso Moreira dá exemplo de administração, enquanto outro município não tem o mesmo desempenho administrativo. Este Município é exemplo. Parabenizo o seu governante pela grande administração e que sirva de exemplo a outro Município que nada se concluiu até hoje.