quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Prefeito Josias Quintal pode fazer demissões fazer reforma administrativa e acabar com inércia do poder público!












Manifestações movimentam a cidade na primeira fotos servidores municipais e na segunda contratados revindicando seus empregos,agora quem vence essa batalha? Para mim só os políticos.
As eleições 2016 já chegou no interior do estado..............


















Em nota alguns meses atrás o Presidente do  Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ),afirmou que  a situação de penúria de muitos municípios é culpa dos próprios prefeitos.muitas prefeituras incharam demais a máquina pública, contratando temporários ou em cargos de comissão .Pádua  é uma delas. Botaram gente demais na rua, porque botaram gente demais para dentro. Se descuidaram assustadoramente das contas públicas porque não faltava dinheiro.O royalty é uma coisa que caiu do céu.Muitas obras foram iniciadas , mas elas não são sustentáveis. Então, tudo virou um elefante branco. Faltam recursos para mantê-las abertas porque acabou o dinheiro do petróleo.Muitos municípios usam politiqueiramente as brechas da legislação para contratar acima do permitido. Contratos especiais por prazo determinado se tornam indeterminados e não se organizam concursos.
Só nas prefeituras da região tem mais de 2 mil pessoas para colocar para fora. Eles têm que fazer o dever de casa. Não adianta ficar de braços cruzados. O dinheiro não é do prefeito, é do município. O próprio estado não faz o seu dever de casa em relação ao ICMS e só agora quer correr atrás dos devedores. É muita inércia do poder público.





A arrecadação cai, mas continua entrando. É preciso saber gerir. O que houve é uma crônica da tragédia anunciada. A máquina pública é muito pesada.

Tem que corrigir, o município tem que se virar, fazer concurso público, reforma administrativa. Entendemos que o concurso não é rápido.

Com certeza os novos prefeitos vão pensar duas vezes antes de gastar. Porque um bom gestor não é o que faz muita escola, creche, hospital, rua. A obra tem que ser sustentável.

Agora colocar contratados na rua para exigir o emprego é ilegal,pois quando foram admitidos sabiam que podiam ficar um ano ou um dia.O servidor publico concursado tem o direito que a própria constituição aborda, só o prefeito pode demitir e não eles,o que aparenta é uma inversão de atitudes como se esse poder estivesse na mão do servidor. E jogar a bomba n no colo deles,criando um clima de rivalidade que não existe e sim um clima eleitoreiro,usando o terceirizado como cobaia.do outro.






Já chegou as ruas de Pádua 



                                                                 

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

“Lei estadual que concede ‘anistia’ administrativa a servidores públicos estaduais que interromperam suas atividades – paralisação da prestação de serviços públicos. A jurisprudência desta Corte é firme no sentido de que cabe ao chefe do Poder Executivo deflagrar o processo legislativo referente a lei de criação de cargos, funções ou empregos públicos na administração direta e autárquica ou aumento de sua remuneração, bem assim disponha sobre regime jurídico e provimento de cargos dos servidores públicos. Aplica-se aos Estados-membros o disposto no art. 61, § 1º, II, da CB



Criação de cargos, funções ou empregos públicos na administração direta e autárquica ou aumento de sua remuneração;
 “Inequívoco o vício de iniciativa da Lei estadual 1.117, de 30-3-1990, na medida em que estabelece normas para aplicação do salário mínimo profissional aos servidores estaduais. Incidência da regra de iniciativa legislativa exclusiva do chefe do Poder Executivo para dispor sobre remuneração dos cargos e funções do serviço público, em razão da cláusula de reserva prevista no art. 61, § 1º, II, a, da Carta Magna.” 
“É da iniciativa privativa do chefe do Poder Executivo lei de criação de cargos, funções ou empregos públicos na administração direta e autárquica ou aumento de sua remuneração, bem como que disponha sobre regime jurídico e provimento de cargos dos servidores públicos. Afronta, na espécie, ao disposto no art. 61, § 1º, II, ac, da Constituição de 1988, o qual se aplica aos Estados-membros, em razão do princípio da simetria.”
"Os cargos públicos apenas podem ser criados e extintos por lei de iniciativa do presidente da República."




















terça-feira, 3 de novembro de 2015

Mobilização dos contratos e comissionados contra o sindicato de Pádua que defende os dois lados

  Aumento a servidores é vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal e prefeitura leva contratados a rua para brigar por emprego




Mobilização dos contratos e comissionados contra o sindicato de Pádua





O que pode ser gasto com folha de pagamento, fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), está extrapolado em razão dos cargos comissionados e dos contratos. Hoje somando os terceirizados e contratados representam  uma  grande folha mensal aos cofres públicos . Se mexer nesse grupo, o estado se adéqua (à LRF)",  pelo visto  o Executivo quer é criar um imbróglio para não mexer nos contratos e comissionados e afetar o servidor de carreira,o que leva uma guerra do bem contra o bem.pois os dois lados tem seus direitos garantindo pela lei.
Alguns contratos presente não sabiam nem porque estavam ali,foram comunicados que aconteceria uma reunião,não um manifesto e ficaram com medo de assinar o abaixo-assinado,mas o medo de perder o emprego é maior e muitos assinaram.

Alguns servidores revoltado por estarem sendo colocados contra trabalhadores humildes que merecem respeito também, e chamam de  "pacote de bondades" de Josias Quintal uma farsa.


Torcemos para que tudo se resolva, pois infelizmente a corda sempre rebenta para o lado mais fraco.Isto é o trabalhador.




















segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Cemitérios de Pádua têm movimentação intensa em Dia de Finados

Padre Marco Antonio Soares celebrou no Cemitério João Paulo II














Cemitérios de Santo Antonio de Pádua no interior do RJ, teve  grande movimentação na manhã desta segunda feira (2), Dia de Finados. Os cemitérios  Santo Antonio  no Centro  e João Paulo II no bairro Dezessete , tiveram missas desde as 8h, durante o decorrer da semana foi deixado uma caixa onde familiares escreviam o nome dos parentes e colocados durante as celebrações em forma de homenagem e orações aos entes queridos.


A serventuária do Fórum  também costuma homenagear os parentes, mas estende o tributo a desconhecidos. "Rezo muito pelo meus familiares mas peço pela paz de todos. As pessoas muitas vezes não se preparam para morrer e não rezam a tempo, então rezo pelo caminho delas. E  sempre limpo o tumulo ao lado do meus familiares,pois algumas pessoas ao limpar o tumulo não tem atenção e cuidado com o outro que já foi limpo,então sempre dou uma varrida  ao lado,o cuidado com o outro também é importante lembrarmos." afirma.

A aposentada Maria  foi com a irmã, para prestar homenagens a vários familiares.
"Venho sempre no Dia de Finados e duas vezes por mês, além do aniversário da minha mãe. Hoje é um dia que lembro muito dela, é um dia que pede uma homenagem, lamento que nem todos tenham este sentimento por aqueles que tanto fizeram em vida por nós", disse.

Teve algumas reclamações também:

" Poxa no cemitério do Dezessete só tem uma torneira,na parte alta não tem uma bica,como ocorre no centro.Temos que subir e descer diversas vezes,E pior é em Marangatu que não tem uma torneira sequer,muitos pensam morreu acabou,não penso assim,se posso cuidar,preservar,limpar o tumulo de um ente querido o que os políticos tem com isso a não ser fazer a parte deles que é dar condições para cuidarmos de nossos mortos,é um direito nosso e  deveria ser respeitado."
 Afirma Sr. Nilton.













Vendas de flores no Dezessete 






Orações nos túmulos pelos padres

Cena que  não vemos muito em cemitérios de crianças participando ,momento que deve ser lembrado e seguido por nossos jovens,pois eles devem no futuro seguir essa tradição das famílias.
Não esconda seu lixo entre os túmulos!
E tenha cuidado ao limpar o seu tumulo e sujar o do vizinho 

Cuidado com o lixo levado deve ter todo cuidado em ser colocado na lixeira antes de entrar como esse senhor fez. 

Vendas de flores no centro






domingo, 1 de novembro de 2015

Cemitérios Municipais têm horários especiais no Dia de Finados em Santo Antonio de Pádua-RJ

Celebrações de missas também acontecem durante a manha.



Para atender famílias nesta segunda-feira (2), Dia de Finados, cemitérios municipais de algumas cidades do Noroeste Fluminense já recebem  visitação aos túmulos. Celebrações de missas também serão realizadas durante a manha  nos cemitérios de  Pádua.  As vendas de flores já acontece,quem quiser adiantar e fazer suas homenagens,já podem se dirigir aos cemitérios que se encontram aberto.