sábado, 29 de agosto de 2015

Sistema FIRJAN marca presença na abertura da 17ª Merco Noroeste


                                            



Vice-presidente executivo da Federação, Geraldo Coutinho
destacou a importância da feira para a movimentação da economia

Itaperuna, 28 de agosto de 2015

Uma das mais importantes feiras de negócios do interior do estado do Rio de Janeiro, a 17ª Merco Noroeste foi aberta nesta quinta-feira, dia 27, em Itaperuna. Participaram da cerimônia de abertura o vice-presidente executivo do Sistema FIRJAN, Geraldo Coutinho, e o presidente da Representação Regional FIRJAN/CIRJ Noroeste Fluminense, Antônio Carlos Boechat. A Federação é uma das entidades realizadoras da feira multisetorial, que acontece até sábado, dia 29, no campus V da Universidade Iguaçu (Unig).

Geraldo Coutinho afirmou que a Merco Noroeste é uma oportunidade para o empresário dar visibilidade a sua marca e ampliar sua rede de contatos. “É uma feira que já se consolidou no calendário de eventos do estado do Rio, fundamental para a movimentação da economia. Tanto que, nas últimas edições, temos contabilizado a geração de negócios da ordem de R$ 12 milhões dentro de um ano”, disse o vice-presidente executivo da Federação, acrescentando que “a FIRJAN tem trabalhado firmemente para contribuir com o desenvolvimento da região”.

O presidente da Representação Regional da FIRJAN/CIRJ no Noroeste Fluminense, Antônio Carlos Boechat, destacou a evolução da infraestrutura da Merco Noroeste com o passar dos anos, tornando o evento um importante parceiro de empresários de diversos setores. “Com grande alegria, damos início a mais uma edição da Merco Noroeste. Nesse espaço, as empresas vão poder mostrar seu potencial para visitantes de diversos locais do Rio e, também, dos estados vizinhos”.

De acordo com o estudo “Retratos Regionais”, desenvolvido pelo Sistema FIRJAN com o objetivo de apresentar um panorama socioeconômico dos municípios da região, o Produto Interno Bruto (PIB) do Noroeste Fluminense era de R$ 4,7 bilhões em 2012 - últimos dados disponíveis. Itaperuna garantiu a maior parcela do PIB: um total de R$ 1,7 bilhão. Logo depois, aparecem as cidades de Santo Antônio de Pádua e Bom Jesus do Itabapoana, que contribuíram com R$ 655 milhões e R$ 472 milhões, respectivamente.

O estudo mostra ainda que os setores de Serviços e Comércio tiveram a maior participação na economia do Noroeste Fluminense, respondendo por 43,5% do PIB regional. Já a produção da Indústria foi de 12,3% no PIB da região. Entre 2007 e 2012, o setor industrial foi o que mostrou a maior taxa de crescimento, de 26,8%.

Também participaram da mesa de abertura do evento o prefeito de Itaperuna, Alfredo Rodrigues; o deputado estadual Jair Bittencourt; o presidente da Fecomércio-RJ, Orlando Diniz; o gerente geral de Articulação Institucional do Sebrae-RJ no Noroeste Fluminense, Nelson Rocha; e o diretor do campus V da Unig, Roger Soares.

A previsão é de que a 17ª Merco Noroeste atraia 30 mil visitantes durante os três dias. Ao todo, 180 estandes de empresas e instituições de diversos setores, entre eles indústria, comércio e serviços, estão instalados na feira. O horário de funcionamento será das 17h às 23h (pavilhões) e das 17h às 2h30 (praça de alimentação). Para mais informações sobre o evento, acesse www.merconoroeste.com.br.

Tecnologia voltada para a educação
profissional no estande do Sistema FIRJAN

Em seu estande, o Sistema FIRJAN apresenta recursos tecnológicos utilizados pelo SENAI Rio para a prática profissional dos alunos: um simulador de solda e uma empilhadeira. Na região Noroeste Fluminense, a infraestrutura está disponível nas unidades SENAI de Itaperuna e Santo Antônio de Pádua.

O público pode conhecer também os games que compõem o programa SESI Matemática. Lançado em 2012 pelo Sistema FIRJAN, o SESI Matemática pretende despertar o interesse dos estudantes pela disciplina, contribuindo na formação de jovens mais críticos e preparados para um mercado de trabalho cada vez mais competitivo.

_____________________ 
Mais informações 
Sistema Firjan – Assessoria de Imprensa Itaperuna
(22) 3824-6500 
imprensa.ita@firjan.org.br 
www.firjan.co

Comissão de Saúde da Alerj promove seminário sobre feridas crônicas





A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), presidida pelo deputado Jair Bittencourt, promoveu, nesta sexta-feira (28), o Seminário para Discussão e Construção de uma Política Pública para Atenção da Pessoa com Feridas Crônicas. No Estado, cerca de 350 mil pessoas sofrem com feridas crônicas. Entre as mais diagnosticadas estão a úlcera venosa e o pé diabético. Elas representam 90% dos casos no Rio.
Jair Bittencourt afirmou que irá cobrar do secretário de Saúde do Estado, Felipe Peixoto, a realização de ações para prevenção e tratamento das feridas crônicas. O deputado informou ainda que, no último dia 20, encaminhou o projeto de lei 745/15, instituindo no calendário oficial do Estado a data de 28 de agosto como o Dia Estadual da Mobilização e Prevenção das Feridas Crônicas. "Nessa data vamos mobilizar a população e o governo para buscar soluções para doença. A secretaria tem que se responsabilizar e financiar o que hoje está subfinanciado”, declarouJair Bittencourt.
Um dos palestrantes do seminário foi o presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, o médico Carlos Eduardo Virgini. Segundo ele, três mil pacientes aguardam atendimento só no município do Rio. O palestrante ressaltou também que, em alguns casos, o tratamento pode levar até 20 anos. "Ferida crônica é aquela que está há três meses sem cicatrizar.O resultado do tratamento varia conforme o organismo do paciente, podendo ser rápido ou lento. O problema é que essa é uma doença que traz enormes problemas pessoais e desconforto, independente do tempo que leva para ser tratada.”
            Também participaram como palestrantesMara Blanck e Marinês Marques. Mara, que épresidente da Sociedade Brasileira de Enfermagem e Feridas Estéticas, explicou que o tratamento só pode ser feito em ambulatórios. No caso do paciente com pé diabético, a falta de tratamento pode provocar a amputação do pé. No Brasil, são realizadas cem mil amputações por ano. Com prevenção e informação, esse número poderia cair pela metade.   


CRISTINA RIOS ASSUME A PRESIDÊNCIA DO PSDB NO MUNICÍPIO DE ITALVA








Cristina Rios oficializou sua filiação ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). O ato aconteceu  sexta feira, dia 28 de agosto, na Câmara Municipal de Italva, onde diversas autoridades, partidários, comerciantes,  filiados e amigos compareceram na Cerimônia para prestigiar e parabenizar a Nova Executiva do PSDB de Italva.
 Após a assinatura da ficha, Cristina Rios fez um breve discurso perante os convidados, familiares e a imprensa para reafirmar o seu compromisso em fortalecer o partido, onde prometeu  honrar a confiança nela depositada e que fará  sempre o melhor pelo PSDB.
"Vamos Fazer um PSDB grande que represente o Povo Italvense”.
Em suas palavras no momento da posse, Dr. Elias Meiber representante da Executiva Estadual, deu boas vindas a Cristina Rios afirmando  que “não há dúvidas” de que o Partido lançara uma candidatura própria para as Eleições de Italva em 2016 e um forte nome  que aparece no cenário Político Italvense como Pré Candidata do PSDB é sem dúvidas o nome de Cristina Rios.
Participaram da solenidade, o vice-Prefeito de Cardoso Moreira Renato Jacinto, Presidente da Câmara de Cardoso Moreira Abelzinho, Vereadores de Cardoso Moreira Enoque Mattos e Lilinho, Pastor Arlênio Gomes, Pastor Lucas Cordeiro,  Presidente da Câmara de Laje do Muriaé Gustavo Pinho, Presidente Regional  do PTN Robson Pitangueira, Carlos Alberto Assessor do Deputado Paulo Mello, o Ex Vereador de Itaperuna Aldenir Nogueira, Vereadores de Italva, Zico Melo, Ademir Cararine, Alcirley Lima e Joel Enfermeiro, Ex Presidente da Câmara de Italva Vereador Norival Martins, Ex Vereador Cesar Melo, Ex Vereador Bitão, Empresário Odivaldo Navarro, André da DEC Distribuidora, Empresário João Matos, Membros da Terceira Idade de Italva, José Paes e Família,  Ex Secretário de Governo Walbinho Gomes, Ex Vereador Marivaldo Almeida,  Ex Secretária de Saúde de Italva Dra. Isabel Fernandes, Ex Chefe de Gabinete Ailton Ferreira, Ex Secretário de Esporte do Município de Apiacá-ES,  Paulo Karatê, Presidente do Sindicado Rural de Apiacá-Es, Rodrigo Mota, Ex Prefeito de Italva Joelson Soares e Dr. Elias Meiber.

Apresentação Leonardo Lima
Fotos Selmo Bredas
Blog Luiz Carlos Gomes






















Presidente da Câmara de Laje do Muriaé Gustavo Pinho,  Presidente da Câmara de Cardoso Moreira Abelzinho, Vereador de Cardoso Moreira Enoque Mattos, Vereador de Italva do PR Zico Melo, Vereador de Italva PROS Alcirlei Lima, Vice Prefeito de Cardoso Moreira Renato Jacinto (PSDB), Ex Prefeito de Italva Joelson Soares, Dr. Elias Meiber PSDB de Itaperuna e Membro da Regional, Cristina Rios Presidente do  PSDB Italva, Pastor Arlênio Gomes, Vereador de Cardoso Moreira Lilinho, Carlos Alberto Assessor do Deputado Paulo Melo, Vereador de Italva Joel Enfermeiro (PDT) Italva, Presidente da Regional PTN Robson Pitangueira, Vereador de Italva (PR) Ademir Cararine  e  Ex Vereador de Itaperuna Aldenir Nogueira.
Odivaldo Navarro (PDT),Dr. Elias Meiber, Cristina Rios PSDB ITALVA,Presidente da Regional PTN Robson Pitangueira,Presidente da Câmara de Laje do Muriaé Gustavo Pinho




Ex Vereador de Italva Bitão, Ex Presidente da Câmara de Italva Norival Martins, Carlos Alberto Assessor do Deputado Paulo Melo, Odivaldo Navarro (PDT), Cristina Rios Presidente do  PSDB Italva, Walber Gomes (PSD), Ex Vereador e Ex Secretário de Italva Marivaldo Almeida, Ex Vereador de Italva Cesar Melo (PSB), Vereador de Italva (PDT) Joel Enfermeiro, Dona Lecy Ribeiro, João Matos do PHS e Esposa.


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

EXPOSIÇÃO DE PORCIÚNCULA REAFIRMA SEU SUCESSO NA REGIÃO







As comemorações do 68º Aniversário de Emancipação Política e Administrativa de Porciúncula aconteceram da melhor forma possível. Com muita música, alegria e comemoração, num clima de paz e tranquilidade. Assim a EXPO 2015 reafirma sua fama de ser uma das melhores festas da região.
A abertura oficial aconteceu na quinta-feira (20/08), com a participação da prefeita Mirian Porto, do presidente da Câmara dos Vereadores Riando Petrucci, do juiz de Direito, Marco Antônio Novaes, dos secretários municipais, entre outras autoridades e o público presente. A Comunidade Evangélica de Nilópolis foi a grande atração da noite, levando os fieis ao louvor.
Na sexta-feira (21/08) foi a vez do cantor Glauco Zulo animar o evento com seu som contagiante. O sábado foi o auge da festa com a dupla Victor & Leo, que fez todo o público presente cantar os seus hits, num espetáculo de som e luz. O encerramento, no domingo, não ficou por menos: música sertaneja e pagode, com Donato e Eduardo e Só Marrento, além de um espetáculo infantil com a Turma do Batatinha, que trouxe palhaço, Pepa Pig e divertidas atrações para a criançada. Durante todos os dias de festa também foram realizados shows com bandas e artistas da região – Rirama, Pride, Pretinho dos Teclados, Pablo Júnior e Nova Opção.
Segundo a prefeita Mirian Porto, os shows de qualidade, o carinho do público, a organização da equipe da Prefeitura e a recepção da população local, foram os responsáveis pelo sucesso desta maravilhosa festa. “Quero parabenizar e agradecer a população por este ótimo evento, que proporcionou bons momentos de lazer, entretenimento e cultura para Porciúncula”, disse a prefeita.   
O evento teve uma boa repercussão na cidade e região, movimentando o comércio local. O público participante e pessoas ligadas ao comércio da cidade procuraram a prefeita, durante o evento, para agradecer pela ótima festa. É importante destacar também o trabalho atuante da equipe da Tenda da Saúde, do Conselho Tutelar e dos artesãos de Porciúncula, que brilhou no Galpão Cultural, todos os dias do evento, ornamentado com cenário característico do campo.

Fabiano Júnior
Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Porciúncula

Fotos: Rosimere Ferreira































terça-feira, 25 de agosto de 2015

Governador Luiz Fernando Pezão - I Fórum de Valorização dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro.‏










Um encontro reuniu 21 prefeitos do interior do Rio em Macaé(RJ) nesta segunda-feira (24). Além dos chefes municipais, o I Fórum de Valorização dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro contou com a participação do presidente da Alerj, Jorge Picianni, e do Governador Luiz Fernando Pezão. O objetivo da conferência foi trocar experiências para enfrentar a crise ocasionada pela diminuição no repasse dos royalties e desemprego. Os servidores do Sindicato dos Petroleiros realizaram uma manifestação em frente ao evento.
De acordo com Cláudio Chumbinho, prefeito de São Pedro da Aldeia a união dos prefeitos da região na época de crise é fundamental. "É o momento de estar todo mundo junto, então a gente fica feliz de ter esse momento no fórum", comentou.
A queda na arrecadação dos royalties prejudicou as contas dos municípios do interior do Estado. Uma das saídas encontradas pelas prefeituras foi a antecipação das receitas dos royalties por meio de empréstimos em bancos. A medida gerou discussão, já que pode comprometer as receitas futuras das cidades devido ao prazo de 20 anos para pagamento do crédito.
"Os municipios não terão futuro se não cuidarem do seu presente. Ou a gente pega a antecipação ou vêm as consequências, que é fechar escola, hospital e postos de saúde", opinou o prefeito de Casimiro de Abreu, Antônio Marcos Machado. Já o presidente da Alerj, Jorge Picciani, é contra a antecipação dos recursos do petróleo. "Acho que isso vai levar a dez anos de atraso nos municípios. A solução era ter gasto melhor o dinheiro do petróleo", disse.
Durante o evento, o governador Luiz Fernando Pezão falou sobre a preocupação com as taxas de desemprego no interior do estado. "Tenho feito todo esforço possível de nós continuarmos com as obras públicas, feito parcerias e conversado com presidente Dilma. O que mais me angustia é a falta de emprego e a falta de prosperidade", afirmou.
Manifestação de petroleiros
Durante o evento, os trabalhadores do Sindpetro e integrantes de movimentos sociais realizaram um protesto em frente ao Centro de Convenções. Eles protestaram contra a venda de ativos da Petrobras, o que ocasionaria a privatização de alguns setores da empresa. O grupo também é contra um projeto de lei do senador José Serra, que diz que a empresa não precisaria dos 30% de participação nos lucros de exploração do pré-sal. Os números do emprego divulgados pelo Ministério do Trabalho mostram que, em Macaé, de janeiro a julho de 2015, quase 6 mil postos de trabalho foram fechados.





Governo decide pagar 50% do 13º salário de aposentados em setembro

A presidente Dilma Rousseff decidiu nesta segunda-feira que o adiantamento de 50 por cento do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas será pago integralmente na folha de setembro, e será creditado a partir do dia 24 daquele mês e o início de outubro.
De acordo com nota do Palácio do Planalto, os outros 50 por cento da gratificação de fim de ano serão pagos na folha de novembro, como habitual.
Normalmente, o adiantamento de 50 por cento do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas é creditado na folha de agosto, com pagamento entre o fim daquele mês e o início de setembro.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Morador que atrasar pagamento do IPTU em Pádua vai parar na justiça!




A surpresa faz com que muita gente seja pega desprevenida e sem dinheiro para pagar a dívida













O nome de quem deixa de pagar alguma parcela do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) em Santo Antonio de Pádua-RJ pode parar no Fórum da cidade. Quando o morador deixa de fazer o pagamento, a prefeitura o coloca em dívida ativa e daí, com o desenrolar do processo, o contribuinte pode acabar perdendo o imóvel,pois não é comunicado pela justiça e nem pela prefeitura,quando descobre o processo já esta rolando,nas garras da lei há muito tempo,e a surpresa pode dar muita dor de cabeça.

Fique atento!
Ao pagamento da parcela

O morador tem até um ano para fazer o pagamento da parcela sem problemas

 E a Dívida ativa

Passado isso, a prefeitura coloca o nome da pessoa em dívida ativa e, não sendo paga, vai para protesto O imóvel do devedor pode ser penhorado e vendido em leilão feito pela Justiça para pagamento de dívida de IPTU, mesmo que seja a única moradia do devedor e sirva para abrigar sua família. Portanto, procure pagar seus impostos e, no caso de atraso, procure fazer um acordo com a Prefeitura para pagar a dívida aos poucos. E procurem rápida a Defensoria Publica para não perder seu imóvel, tem ações desde 2013, transitando na justiça sem o morador saber, pois não são enviados avisos de cobrança.E cobranças antigas o devedor pode pedir a prescrição da divida.
O cobrador  tem o direito de cobrar com avisos, cartas, para o devedor  justificar a divida e parcelar.
Parcelem suas dividas ou vão perder sua casa em leiloes judicial!
















Negociar a divida neste órgão

Processos que já rolam na justiça

Esse processo é de 2013

A solução é procurar a justiça para parcelar o debito


E a obra do Rio Pomba que fim levou????????????








Estamos em agosto de 2015 e podemos observar o reflexo do serviço inacabado. Outro fato que deixa moradores ribeirinhos apreensivos, com essa situação em Santo Antonio de Pádua.
Será que teremos respostas positivas sobre o final dessa historias,são vidas,famílias,que estão neste jogo do poder.Onde só sistema tem a ganhar.
Foi feita uma reunião com O SOS Pádua com uma palestra que apresentou alguns argumentos sobre como estava sendo realizada a obra,e não teve outras reuniões,o assunto silenciou.
Em dia 21 de agosto de 2014, o Subsecretário de Estado de Projetos e Intervenções Especiais da Secretaria de Meio Ambiente, Antônio da Hora,afirmou:
"A obra não será paralisada, pelo contrário, inicia-se com força e em conformidade com as Prefeituras."
O Sr. Osmar oliveira Dias Filho enviou essa mensagem para o Sr. Otony Júnior (Secretário de Meio Ambiente de Pádua):
"[...] obra de mitigação e controle de cheias na região Noroeste Fluminense, que abrange seu município, venho informar que a mesma não se encontra paralisada. Atualmente, nos encontramos em um período de fechamento de projetos executivos da intervenção como um todo, enquanto aguardamos a liberação por parte do órgão ambiental das necessárias licenças para as jazidas e avaliação do atendimento de condicionantes, já encaminhadas aos técnicos."
Bom se isto não é uma obra paralisada,o que é então?
Hã........ um lixão,podemos observar nas fotos os entulhos jogado por pessoas sem um minimo de educação e preocupadas com o meio ambiente, isso que o local está se transformando abandonado pelos órgãos públicos,que deveriam fiscalizar mais esse abandono..
Afinal de contas,essa obra vai continuar ou não?