sexta-feira, 1 de maio de 2015

Ex - Prefeito Nando Padilha fala a Radio Feliz sobre o dia do trabalhador!
















“Quero desejar aos trabalhadores, dessa região  esquecida pelo estado,mais  a  região trabalhadora  esta se levantando,praticamente só,povo ordeiro com  compromisso com a família,com dificuldades no  dia  trabalhadores,falta saúde,educação,muita coisa segurança,hospital aberto. Parabenizamos todos os trabalhadores,principalmente as mulheres,de grande  importância para o crescimento do Brasil,mais de 50%  das mulheres  contribuem,fazem a grande diferença em muitos segmentos.
Hoje é o aniversario de minha mãe D. Hélia totalmente lúcida, esta firme, mora sozinha, é impressionante faz tudo sozinha, parabéns mãe pelo seu dia!

Nossa região esta confiante, mesmo passando por momentos difíceis, as pessoas tentam fazer mais não fazem."


                           "Obrigado a todos e um feliz dia do trabalhador!"














Ex-prefeito de Macuco é morto a tiros na porta de casa fato choca a população!


  Mera  coincidência? Rogério Bianchini foi morto em situação semelhante a de seu predecessor, Maurício Bittencou  





Um crime movido por interesses políticos — principal linha de investigação da Polícia Civil — chocou ontem a população de Macuco, município da Região Serrana. O ex-prefeito Rogério Bianchini, 53 anos, foi morto com cinco tiros na porta de casa, no bairro Maravilha, quando saía para caminhar de manhã. Segundo a PM, os disparos foram realizados contra Rogério de Honda Civic prata, que fugiu pela RJ-116, sentido Nova Friburgo. O ex-prefeito foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

De acordo com o chefe de investigação da 154ª DP (Cordeiro), Roberto Ferreira, responsável pelo caso, a delegacia aguarda o laudo final da perícia para iniciar as investigações do caso. “Estamos nos esforçando para encontrar os responsáveis pelo crime. Acreditamos que o conflito político da vítima possa ter ligação com o assassinato, mas ainda não temos nada concreto”, disse.
Bianchini era filiado ao PMDB e foi prefeito de Macuco até 2012. Ele foi o chefe da administração pública por dois mandatos consecutivos. Anteriormente foi vice-prefeito nos dois mandatos de seu predecessor.
Não é a primeira vez que ocorre um crime contra um ex-prefeito da cidade. Em 2006, Maurício Bittencourt, que esteve à frente da cidade de 1996 a 2004, foi morto com quatro tiros próximo à casa onde morava ao voltar de um casamento. Rogério, na época, era prefeito.
Segundo uma funcionária da Prefeitura de Macuco que já havia trabalhado com o ex-prefeito, Rogério Bianchini era uma figura política carismática e polêmica.
O político respondia a processos administrativos relacionados ao período em que governou. No ano passado, o ex-prefeito e mais cinco empresários foram denunciados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).
Eles foram acusados de formação de quadrilha e fraude ao caráter competitivo de procedimentos licitatórios cometidos de maneira reiterada. O órgão requeria ainda garantir a reparação do prejuízo causado aos cofres públicos. Juntos, somam R$ 3,7 milhões.
Através de nota oficial, o atual prefeito Félix Lengruber, que atualmente está em Belo Horizonte (MG), lamentou a morte do político. “A Prefeitura de Macuco-RJ se solidariza, diante deste momento de dor e tristeza, com familiares e amigos do ex-prefeito Rogério Bianchini.”


Desavenças políticas na cidade



O crime ocorrido em 2006, faltando dois anos para as eleições municipais, Maurício Bittencourt ainda não havia decidido se iria se candidatar à Prefeitura de Macuco. Com isso, a reeleição do então prefeito Rogério Bianchini para o ano de 2008 poderia estar ameaçada.
No assassinato de ontem, segundo informações, o ex- vice de Rogério, Felix Lengruber, atual prefeito, e ele, estavam rompidos. Isto porque Félix não concordava com a possível candidatura de Rogério às eleições do ano que vem.
Félix Lengruber permaneceu os oito anos como vice de Rogério Bianchini, até se candidatar em 2012 à Prefeitura de Macuco. Na época, Rogério não poderia concorrer à prefeitura porque já havia cumprido dois mandatos consecutivos.





Com Vinícius Amparo







                        Governador Pezão com Rogério em campanha

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Elementos em atitude suspeita dentro de um comércio localizado à Rua Dr. Ferreira da Luz em Pádua

Um Policial Militar do 36º BPM, que encontrava-se de folga nesta madrugada( 29/04/15), observou dois elementos em atitude suspeita  dentro de um comércio localizado à Rua Dr. Ferreira da Luz em Pádua.  De imediato o policial abordou os elementos, vindo a lograr êxito na prisão de Carlos Alberto da Conceição de 20 anos e Luís Fernando da Silva, 30 anos,  que haviam arrombado a porta da gráfica. O Fato foi apresentado na 136ª onde foi realizado o devido registro, sendo os acusado autuados no art. 155 do CP, ficando acautelado no xadrez daquele distrito para posteriormente serem encaminhados para a Casa de Custodia de Itaperuna-RJ.



36ºBPM

SOLENIDADE DE FORMATURA DE PREMIAÇÃO AOS POLICIAIS MILITARES QUE MAIS SE DESTACARAM ADMINISTRATIVA E OPERACIONALMENTE NO 36º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR


Na noite desta quarta-feira (28/04/15), foi realizada a solenidade de formatura de premiação aos Policiais Militares que mais se destacaram administrativa e operacionalmente no 36º Batalhão de Polícia Militar. 
A Premiação Guerreiro do Noroeste Fluminense visa premiar os policiais militares do serviço de natureza operacional e administrativa do 36º Batalhão de Policia Militar, lotados em todas as suas companhias e serviços operacionais e administrativos, os quais venham a se destacar em sua área de atuação.
O comandante do 36º batalhão, Ten Cel Eduardo Vaz Castelano ofereceu o diploma Amigo do Batalhão ao Coronel da RR Ismael Jorge Ferreira Horsae e ao Sr. Prefeito municipal de Miracema Juedyr Orçay por se distinguirem em amizade e apoio ao 36º BPM para o cumprimento de nossa árdua missão.
Autoridades locais e familiares dos agraciados abrilhantaram o evento.
-- 

Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM

















Vereador Assef Nacif cobra melhorias no PROGRAMA DE SAÚDE MENTAL em Pádua

O vereador Assef Nacif na sessão realizada ontem (29) na câmara de Vereadores de Pádua relatou que tem recebido diversas reclamações de pacientes, funcionários e frequentadores do  PROGRAMA DE SAÚDE MENTAL, localizado na Praça Monsenhor Diniz, s/nº - Centro, relatam o estado de abandono, e falta de alguns medicamentos, diante dos fatos o vereador pediu que os colegas o ajudassem a tentar solucionar este problema. Diante dos fatos apresentado o Presidente da Câmara Paulinho da Refrigeração convocou a comissão de saúde da Câmara para que ficasse agendada uma visita ao local, para que se confirme e se faça um levantamento sobre ocaso.


terça-feira, 28 de abril de 2015

Maio é mês de vacinar o rebanho contra a Febre Aftosa


O estado do Rio está há 18 anos sem o registro de casos da doença em seu rebanho bovino
A partir de 1° Maio o produtor rural tem um compromisso com a sanidade do rebanho bovino do estado. A data marca o início da primeira etapa da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa, que acontece até o dia 31. Diferentemente da imunização realizada em novembro do ano passado, agora todos os bovinos deverão ser vacinados, independentemente da idade.
A expectativa é de que mais de 2,2 milhões de cabeças, sejam imunizadas, alcançando 100% de índice vacinal. O Estado do Rio de Janeiro está há 18 anos sem o registro de Febre Aftosa em seu rebanho.
O superintendente de Defesa Agropecuária da secretaria estadual de Agricultura, Paulo Henrique Moraes, orienta os produtores a adquirir a vacina nas lojas agropecuárias autorizadas e imunizar seus animais durante o prazo de duração da campanha, lembrando que os bubalinos (búfalos) também deverão ser vacinados.
- Os criadores devem estar atentos aos prazos para a imunização e declaração da vacinação junto à defesa agropecuária, pois só assim evitarão a multa e a interdição de suas propriedades. - afirmou.
Para o secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, é fundamental o envolvimento de toda a cadeia produtiva nas etapas de vacinação. Hoje, os controles da defesa agropecuária estadual vão desde a distribuição, o estoque e a revenda de vacinas, pelas lojas licenciadas, até a vacinação assistida em propriedades consideradas de maior risco sanitário. Portanto, é fácil identificar e aplicar as penalidades previstas na legislação para os criadores que deixarem de vacinar seus rebanhos.
Após a vacinação é obrigatória a apresentação da Declaração de Vacinação em um dos Núcleos de Defesa Agropecuária ou Postos Municipais no Estado. O lançamento do documento também poderá ser feito, pelo próprio produtor, através da internet, diretamente no Sistema de Integração Agropecuária - Siapec, na página da secretaria estadual de Agricultura www.agricultura.rj.gov.br, implementado pelo serviço de Defesa Agropecuária.
Secretaria estadual de Agricultura e Pecuária
Assessoria de Comunicação: (21) 3607-5404
Silvia Queiroz: (21) 98596-8160
Ana Angelica Gramático: (21) 98596-8161

Jair Bittencourt busca ajuda para hospitais do Noroeste Fluminense


O deputado estadual Jair Bittencourt estabeleceu como um de seus objetivos trabalhar para a solução dos problemas que impedem o pleno funcionamento dos hospitais do Noroeste Fluminense. Para que conheça e compreenda as carências de cada unidade de saúde, o deputado tem se reunido com representantes de diversos municípios. No último final de semana recebeu um grupo de Natividade composto por Denilson Gomes, administrador do Hospital da cidade, e pelos médicos Dr. Tomaz de Aquino, Dr. Marcio Assis Ribeiro e Dr. José Petrônio.
Atraso no repasse de verbas provenientes do Governo do Estado, assim como ausência de recursos financeiros para que o hospital seja equipado com os materiais necessários, vem comprometendo a prestação de serviços à população, que pode ficar sem essa unidade, que atende não somente pacientes de Natividade, mas também de Porciúncula e Varre-Sai.
- Estamos trabalhando com afinco para melhorar a situação da saúde no Estado, principalmente no Norte/Noroeste Fluminense. Nossa população não pode pagar com sua saúde o preço de uma crise. Irei interceder junto ao Governo do Estado, à Secretaria Estadual de Saúde, para que possamos contribuir para que cada pessoa, em um momento de fragilidade, como é no caso de uma doença, possa ter a tranquilidade de saber que será amparado por um sistema de saúde que seja próximo à sua residência e que tenha os recursos necessários para atendê-la. Não podemos admitir hospitais fechando em nossa região - afirmou Jair Bittencourt.
Reuniões regionais, com audiências públicas para ouvir os cidadãos, também serão realizadas pelo deputado estadual, que preside da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ).

Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza terá início em Pádua


Com objetivo de reduzir as complicações e internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, a Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Pádua, por meio da Secretaria de Saúde, dará início no próximo dia 04 de maio, à Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza. Até o dia 22 de maio, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município irão disponibilizar a vacina. E no dia “D”, marcado para o dia 9 de maio, o atendimento será das 8h às 17h.
Os grupos prioritários para imunização são trabalhadores da área da saúde, povos indígenas, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos 11 meses e 29 dias), gestantes em qualquer idade gestacional, indivíduos com 60 anos ou mais, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.
A vacinação anual é importante para a imunidade transitória anual. A vacina protege contra as complicações causadas pelos vírus influenza e interfere ainda nas doenças respiratórias, reduzindo a hospitalização e óbitos causados pelas complicações.
A vacinação contra influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. Atualmente, as vacinas utilizadas contêm antígenos contra três cepas de influenza: A(H1N1), A(H3N2) e B. Estas cepas são escolhidas a cada ano visando prevenir a doença causada por cepas que circularão na temporada seguinte.
As estratégias de vacinação no Brasil, a inclusão de novas vacinas no Programa Nacional de Imunizações e o estabelecimento de grupos populacionais a serem cobertos, são decisões respaldadas em bases técnicas, científicas e logísticas, evidência epidemiológica, eficácia e segurança do produto, somados a garantia da sustentabilidade da estratégia adotada para a vacinação.
Esta ação tem contribuído na redução da mortalidade em indivíduos portadores de doenças crônicas, tais como: doença cardiovascular; Acidente Vascular Cerebral (AVC); doenças renais, diabetes, pneumonias, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC); dentre outras.
A vacinação deste grupo deve ser realizada em todos os postos de vacinação. No entanto, mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacinação
Para evitar a doença também é importante tomar alguns cuidados como higienizar as mãos com água e sabão líquido; evitar tocar os olhos, o nariz e a boca após contato com superfícies; ao tossir ou espirrar, proteger a boca e o nariz com lenço; evitar sair de casa durante o período de transmissão da doença (até cinco dias após o início dos sintomas); ingerir pelo menos de oito a 10 copos de água por dia.
Foto: Divulgação
Texto: Mauro Teixeira / Regina Célia da Silva Teixeira - Coordenadora PNI - Pádua

Brasileiro Rodrigo Gularte é executado na Indonésia


Ele foi condenado à morte por tráfico de drogas em 2005.
É o 2º brasileiro executado por pelotão de fuzilamento no país este ano.





O brasileiro Rodrigo Gularte, de 42 anos, foi executado na Indonésia na madrugada desta quarta-feira (29) – horário local, tarde de terça-feira (28) no horário de Brasília, segundo a emissora local TV ONE e o diário "Jakarta Post". A informação foi confirmada à rede britânica BBC pelo advogado do paranaense. Ele havia sido condenado à morte por tráfico de drogas, e a pena foi executada por um pelotão de fuzilamento.
De acordo com a emissora 9news, da Austrália, outros sete condenados por tráfico de drogas foram executados. A única mulher condenada do grupo, a filipina Mary Jane Veloso, não teria sido executada porque a pessoa que a recrutou para transportar drogas se entregou às autoridades.
O paranaense Gularte foi preso em julho de 2004 depois de tentar ingressar na Indonésia com 6 quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Ele foi condenado à morte em 2005.
Ele é o segundo brasileiro executado no país este ano – em janeiro, Marco Archer Cardoso Moreira, de 53 anos, foi fuzilado. Ele também cumpria pena por tráfico de drogas.
Gularte foi diagnosticado com esquizofrenia por dois relatórios médicos no ano passado. Em março, uma equipe médica reavaliou o brasileiro a pedido da Procuradoria Geral indonésia, mas o resultado deste laudo não foi divulgado.
Familiares e conhecidos relataram que Gularte passava seus dias na prisão conversando com paredes e ouvindo vozes. Dizem que ele se recusava a tirar um boné, que usava virado para trás, alegando ser sua proteção.
Angelita Muxfeldt, prima de Gularte, passou os últimos meses na Indonésia tentando reverter a decisão. Ela esteve com ele pela última vez na tarde de terça, no horário local, horas antes da execução.
Angelita contou, antes da execução, que não disse ao primo claramente o iria ocorrer, e que ele não sabia o que iria acontecer, apesar de ter sido informado no sábado (25) da morte iminente. Segundo a brasileira, ele sofre de delírios e não entendeu que seria executado, acreditando que ainda seria solto.
Além do brasileiro, sete outros suspeitos foram executados. Todos foram condenados por tráfico de drogas e tiveram seus pedidos de clemência rejeitados.
Eles são os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan, os nigerianos Martin Anderson, Okwudili Oyatanze, Sylvester Obiekwe Nwolise e Jamiu Owolabi Abashin e o indonésio Zainal Abidin. A filipina Mary Jane Veloso foi poupada. A Austrália e as Filipinas também tentaram diversos recursos para adiar as execuções, além de realizarem pressão diplomática, mas sem sucesso.

Crise diplomática
Em janeiro, o fuzilamento de Marco Archer gerou uma crise diplomática entre o país asiático e o Brasil.
A presidente Dilma Rousseff se disse "consternada e indignada" com o ocorrido e convocou o embaixador brasileiro em Jacarta para consultas.
Em fevereiro, Dilma decidiu adiar o recebimento das credenciais do novo embaixador da Indonésia em Brasília para reavaliar a situação bilateral entre os dois países. Em represália, o Ministério das Relações Exteriores indonésio chamou de volta ao país o embaixador no Brasil, Toto Riyanto, e convocou para uma reunião o então embaixador brasileiro em Jacarta, Paulo Soares, que deixou o comando da chancelaria indonésia em março.
Atualmente, a embaixada do Brasil em Jacarta está sendo chefiada, interinamente, por Leonardo Monteiro, encarregado de negócios da chancelaria indonésia.
A Indonésia reforçou suas penalidades por crimes de tráfico de drogas e voltou a realizar execuções em 2013, depois de uma pausa de cinco anos.









segunda-feira, 27 de abril de 2015

Inauguração da Clinica da Família Vereador Valdemir Hespanhol Diniz























Aconteceu na manha de sexta (24), a inauguração da Clinica da Família Vereador Valdemir Hespanhol Diniz, no bairro São Vicente de Paula. A belíssima obra de mais de 1.300,000,00 de investimento é um presente do Governo do Estado para a cidade Poema. 
A solenidade que teve a organização da equipe de cerimonial do Palácio, contou com a presença do Governador Luiz Fernando Pezão, do Secretario de Saúde do Estado Dr Felipe Peixoto, do Deputado Estadual João Peixoto entre outros. Quem fez as Honras da Casa foi o Prefeito Luiz Feneme , o Secretario de Saúde Dr Claudinei Bragança, o vice Prefeito Magno Rocha, Vereadores, Secretários , Presidente da Câmara entre outros.
Também estiveram Presentes Prefeitos e Autoridades de outros Municipios, a população Fidelense marcou presença com um publico de aproximadamente Mil Pessoas.
Esta é a 12 Clinica a ser entregue, mas o Secretario de saúde do Estado Dr Felipe Peixoto esclareceu que pretendem chegar a 60 em todo o Estado.
Após a solenidade feita no Bairro São Vicente a comitiva se dirigiu ao Hospital Armando Vidal onde entregaram mais de 900.000,00 em equipamentos, inclusive o Novo RX. O Presidente do Hospital João Barroco caminhou pelo Hospital acompanhados do Governador, Prefeito, do Secretario de Saúde do Estado e do Secretario de saúde do Município









O VICE-PREFEITO OTONY CONFORME A LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO SÒ ASSUME A PREFEITURA DE PÁDUA APÓS 15 DIAS,SE O PREFEITO NÃO RETORNAR AO CARGO.











O vice - prefeito só poderá assumir após 15 dias conforme a lei orgânica da cidade












Correção da nota:












  

 As atribuições do vice-prefeito é substituir o prefeito municipal em caso de ausência por licença ou outro impedimento. Pode e deve exercer função dentro da administração municipal. Mais conforme rege as leis do município:

 “Das Licenças Art. 69 - O prefeito não poderá ausentar-se do Município, sem licença da Câmara Municipal, sob pena de perda do mandato, salvo por período inferior a 15 (quinze) dias. Art. 70 - O Prefeito poderá licenciar-se quando impossibilitado de exercer o cargo: I - doença comprovada; II - gestação por 120 (cento e vinte) dias ou paternidade pelo prazo da lei; III - quando a serviço ou missão de representação. Parágrafo Único - Nos casos deste artigo o Prefeito licenciado fará jus a sua remuneração integral. Art. 71 - Compete privativamente ao Prefeito: I - representar o Município em juízo e fora dele; II - exercer a direção superior da Administração Pública Municipal, nomear e exonerar os Secretários Municipais; III - iniciar o processo legislativo, na forma e nos casos previstos na Lei Orgânica.”


 Conforme informações de amigos, o prefeito foi transferido para o Hospital São José do Avaí em Itaperuna e aguarda vaga no hospital PM no RJ. Conforme já havia dito a assessoria de imprensa do Hospital, seu quadro é de Pneumonia Grave, seu estado de saúde é estável no momento, apresentando melhoras desde a internação. Josias Quintal é Coronel da Polícia Militar reformado, ex Deputado Federal e ex- secretário de segurança do Estado do Rio de Janeiro. Em 2009 o prefeito foi vítima de um atentado no qual acabou sendo morto seu amigo Waldemar Linhares, à época secretário de indústria e comércio de
 O fato ocorreu em 26 de junho de 2009, ele estava saindo da fazenda do ex-deputado federal e ex-secretário de Segurança Pública do Rio, coronel PM Josias Quintal, onde passara a tarde em uma reunião, e dirigia um carro idêntico ao de Josias, uma caminhonete Montana prata.
Josias Quintal vinha logo atrás e encontrou o amigo morto ao volante. O ex-secretário de Segurança disse ter certeza de que era o alvo do assassino.






                  O prefeito Josias Quintal  exercendo o cargo em alguns eventos do município,a alegria é o seu carro chefe,que ele tenha um rápido restabelecimento para que  retorne a cadeira de prefeito.