sábado, 15 de novembro de 2014

A SAÚDE MENTAL EM SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA


Entrevista sobre a Saúde Mental em Santo Antônio de Pádua o Diretor do Departamento de Saúde Mental  Dr.ALLAN  DE AGUIAR ALMEIDA, esclarece sobre o assunto.



Em nosso Município o DEPARTAMENTO DE SAÚDE MENTAL possui três unidades de atendimentos a população que são o CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL ILHA DA CONVIVÊNCIA, o AMBULATÓRIO DE SAÚDE MENTAL e o  SERVIÇO RESIDENCIAL TERAPÊUTICO. Unidades do SUS que apresentam particularidades e singularidades específicas de atendimentos e que estão vinculados diretamente à Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento.
O AMBULATÓRIO DE SAÚDE MENTAL atende atualmente mais de 1.300 pacientes e oferece consultas psiquiátricas e psicológicas, além de suportes nas áreas de enfermagem, serviço social e fisioterapia, para jovens, adultos e idosos.
O CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL ILHA DA CONVIVÊNCIA é um serviço aberto e comunitário que tem como papel cuidar de pessoas que sofrem com transtornos mentais severos e persistentes, como as neuroses graves e psicoses, além de funcionar como organizador da rede de atenção psicossocial. É a porta de entrada para os mais diversos e variados casos de agravos e sofrimentos psíquicos, inclusive os referentes ao uso abusivo de álcool e outras drogas.
Um dos princípios básicos determinados por lei é que nossa unidade se responsabilize por essas demandas específicas no campo da saúde mental, garantindo a presença de profissionais responsáveis durante todo o período de funcionamento, um plantão técnico, que crie uma ambiência terapêutica acolhedora, ao mesmo que inclua pacientes muito desestruturados que não consigam acompanhar as atividades estruturadas da unidade.
Nossa atenção também inclui ações dirigidas aos familiares, onde trabalhamos com a ideia de gerenciamento de casos, buscando personalizar o projeto terapêutico de cada paciente que deve ser singular, respeitando-se as diferenças pessoais. Através de contribuições técnicas multidisciplinares articulamos recursos de natureza clínica, incluindo consultas em diversas áreas, medicamentos, arranjos de moradia, de trabalho, de lazer, de previdência e outros. A ênfase se dá numa possível e adequada reabilitação biopsicossocial, tríade importante.
Contamos hoje com 210 pacientes assistidos que participam de até 15 atividades semanais, dentre grupos e oficinas terapêuticas, além de consultas com psiquiatra, psicólogo, fisioterapeuta e atendimentos e abordagens por assistente social, enfermagem, além de convívio com a equipe de apoio e estagiários. Fornecemos medicações orais e injetáveis, da farmácia básica e especial, além de acolhimento e repouso, com café da manhã e almoço. Funcionamos de segunda à sexta das 8h às 17h.
O SERVIÇO RESIDÊNCIAL TERAPÊUTICO é uma alternativa de moradia e tratamento para pacientes que estiveram internados há anos, no setor de longa permanência de hospitais psiquiátricos ou hospitais de tratamento psiquiátrico e custódia. Estes por não contarem com autonomia, suporte familiar e social adequados são acompanhados pela equipe do Departamento de Saúde Mental do Município. O Serviço Residencial Terapêutico, por sua peculiaridade funcional atende hoje 8 moradores integralmente, oferecendo todos os dias da semana acolhimento, alimentação, medicação e suporte psicossocial.
Temos ainda os leitos de Saúde Mental no Hospital Municipal Hélio Montezano de Oliveira são componentes da Rede de Atenção Psicossocial, atuando como pontos de atenção na garantia do acesso dos usuários ao cuidado hospitalar, particularmente no manejo do cuidado às intercorrências clínicas. São localizados no próprio território do paciente e possuem propostas de intervenções breves e acesso a recursos clínicos multidisciplinares.

Além disso, contribui para a diminuição do estigma do transtorno decorrentes do uso abusivo de álcool e outras drogas e dos transtornos mentais e propicia práticas de cuidado mais transparentes e junto a familiares.



Allan de Aguiar Almeida
Diretor do Departamento de Saúde Mental
Psicólogo Clínico e Psicanalista
CRP 05/3235-7








       Secretário Municipal ENEAS CHAVES DE OLIVEIRA,Subsecretário Municipal  DINART ROCHA FILHO,ALLAN  DE AGUIAR ALMEIDA,Diretor do Departamento de Saúde Mental

 RICARDO DA SILVA MIGUEL,Chefe de cabine acompanhou a entrevista






Ocorrência 36° BPM‏- Cocaína e Crack em Pádua!!!!!!

(RAS) do 36° BPM quando em patrulhamento pela Rua Ramiro Duarte Coutinho no bairro Cidade Nova em Santo Antônio de Pádua, avistaram um grupo com vários elementos em atitude suspeita que ao perceberem a aproximação da viatura da Polícia Militar evadiram-se do local deixando para trás certa quantidade de material entorpecente. Material este, que estava dentro de uma sacola plástica e que o menor L.O.P. de 13 anos de idade foi o único que não conseguiu evadir-se no momento da aproximação da viatura policial. De imediato, a guarnição composta pelo Subtenente Arruda e Sargento Gilmar fizeram contato com a mãe do menor, que o acompanhou durante a ocorrência que estava sendo apresentada na 136 Delegacia Legal. Após perícia em material constatou tratar-se de quase 1Kg de Cocaína e 480 gr de Crack. O inspetor confeccionou o devido registro e efetuou a apreensão do material. O menor foi ouvido pela Autoridade Policial que tomará as medidas cabíveis.

-- 
Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM
Tel.: (22) 3853-3186







Parabéns pelo casamento Adriani e Luis Claudio ( Neguinho)!

 Hoje foi um dia muito especial para o casal Adriani e Luis Claudio, união de duas pessoas sempre mostra que algo de sublime, perfeito, sensível e eterno ainda existe. Esperamos que vocês sejam muito felizes, superando os momentos ruins e vivendo com intensidade os bons.

O casamento foi realizado pelo Padre Marco Antonio na Paróquia Nossa senhora Das Graças, familiares, amigos, participaram deste momento especial na vida do novo casal.