sábado, 23 de agosto de 2014

PM recupera materiais e prendem acusado de furto em Pádua

Polícias Militares do PATAMO da 1ª CIA do 36º BPM, recuperaram na tarde de ontem (22) um pássaro e uma bicicleta que haviam sidos furtados na manhã do mesmo dia.
Os PMs chegaram até o acusado após terem acesso as imagens das câmeras de segurança de uma farmácia que fica na praça Pereira Lima no centro da cidade, ao lado do banco Itaú.
O furto da bicicleta aconteceu em frente a farmácia e o pássaro foi furtado a alguns metros da li.
De posse das imagens e o acusado identificado, os policiais deslocaram-se até a residência do mesmo que fica na localidade de Frecheiras na zona Rural de Cambuci – RJ onde o mesmo confessou o furto e apresentou os materiais furtados.
Dominique Mariano de 25 anos foi conduzido a 136º DP onde o mesmo foi enquadrado no artigo 155 do Código Penal e encaminhado a casa de custódia de Itaperuna.
Participaram da ocorrência os sargentos Himes, L. Mendonça e o cabo Rodrigo.
furto-paduafurto-padua2

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Ocorrência de Cambuci


Termino da Para: semlimitesjornal@hotmail.com, RÁDIO FELIZ DE SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA, Jornal Folha da Cidade São Fidélis, Sandro Olivier, jornal afolha, jornalistacardoso@Policiais Militares da 4ª Companhia juntamente com a Guarnição do Patamo da 2ª Companhia do 36º BPM efetuaram cumprimento a mandado de Busca e Apreensão na Rua Virgínio Franklin, no bairro Guarani na cidade de Cambuci na manhã desta sexta-feira(22/08/2014), logrando êxito em localizar no interior da residência 1 pino de cocaína, 6 pinos vazios, R$ 141,00 em espécie, R$ 70,00 em cheques, além de 69 sacolas de sacolés vazias. 
Os acusados Jonerson Caetano Baltar Rocha e Vivian Cabral Tompson foram encaminhados para a Delegacia de Cambuci. Interrogados sobre possíveis entorpecentes acondicionados em locais diversos, eles disseram aos policiais que havia materiais enterrados no quintal. No local os policiais encontraram meio tablete de maconha e 11 trouxinhas do mesmo material, somando 237 gramas. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Área em São Sebastião do Alto.


Os acusados foram autuados em flagrante nos artigos 33 e 35 da lei 11.343/2006- Tráfico e Associação para o tráfico, sendo encaminhados para o presídio.-- 
Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM
Tel.: (22) 3853-3186, Jornal Opção Noroeste-RJ, Jornal da REgião, NELSON BARROS, Redacao o diário do noroeste
Policiais Militares da 4ª Companhia juntamente com a Guarnição do Patamo da 2ª Companhia do 36º BPM efetuaram cumprimento a mandado de Busca e Apreensão na Rua Virgínio Franklin, no bairro Guarani na cidade de Cambuci na manhã desta sexta-feira(22/08/2014), logrando êxito em localizar no interior da residência 1 pino de cocaína, 6 pinos vazios, R$ 141,00 em espécie, R$ 70,00 em cheques, além de 69 sacolas de sacolés vazias. 

Os acusados Jonerson Caetano Baltar Rocha e Vivian Cabral Tompson foram encaminhados para a Delegacia de Cambuci. Interrogados sobre possíveis entorpecentes acondicionados em locais diversos, eles disseram aos policiais que havia materiais enterrados no quintal. No local os policiais encontraram meio tablete de maconha e 11 trouxinhas do mesmo material, somando 237 gramas. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Área em São Sebastião do Alto.


Os acusados foram autuados em flagrante nos artigos 33 e 35 da lei 11.343/2006- Tráfico e Associação para o tráfico, sendo encaminhados para o presídio.-- 
Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM

Casal é preso por tráfico em Miracema‏


Policiais Militares do 36º BPM, quando em em cumprimento de mandado de busca e apreensão a uma residência situada na Rua Joaquim Rosa Gama no município de Miracema, lograram êxito em encontrar dentro da referida residência 39 papelotes de cocaína, 02 buchas de Maconha, 02 tabletes de maconha, farto material para endolação e R$ 164,00 em dinheiro. Na casa estavam duas pessoas os nacionais José Geraldo Pinheiro Anselmo e Paulina Pinheiro Anselmo que foram conduzidos juntamente com todo o material a 137ª DP. Após periciar o material constatou trata-se de 36g de cocaína e 8g de maconha. Os acusados foram autuados com base no artigo 33 da Lei 11.343/06 (tráfico de entorpecentes) e permaneceram presos.

Obs.: A ocorrência terminou a pouco 
-- 
Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM

Homem é preso por tráfico em Itaocara‏

Policiais Militares do 36° BPM, no final da tarde desta quinta-feira prenderam em flagrante um elemento em prática de tráfico de drogas no Bairro Cidade Seca, no município de Itaocara. Com ele foi apreendido 10 buchas de maconha e R$ 62,50 em espécie. Tendo como acusado o nacional Nivaldo Mendes Correia que foi apresentado a 135 DP juntamente com os materiais que após periciado constatou tratar-se de 11,06g de Maconha. O acusado foi autuado com base no artigo 33 da Lei 11.343/06 (tráfico de entorpecentes) permanecendo preso.

-- 
Setor de Relações Públicas – P/5 do 36º BPM


quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Acidente envolvendo dois veículos próximos ao posto de gasolina Sebastião em Pádua.








O motorista do Fiat Siena José Carlos da Silva residente em Pádua colidiu de frente  com um  Fox  que capotou,devido o impacto, segundo informações no local ele teria dormido ao volante.
A motorista do Fox Fábia Faria Oliveira, moradora de  Palma teve ferimentos leves  e foi encaminhada ao hospital da cidade.José Carlos foi medicado no próprio local e passa bem,segundo informações.
























Christino defende ampliação do programa Estradas da Produção em municípios das Baixadas Litorâneas, Norte e Noroeste

Christino com o prefeito de Italva e o vereador Elias Ancelmé

 Em Campos dos Goytacazes o deputado participou do  Dia Nacional do Campo Limpo

Em Cardoso Moreira, Christino é recebido por centenas de pessoas

Reunião domiciliar em Araruama, com Stella Romanos e lideranças no último domingo

O deputado estadual Christino Áureo está percorrendo inúmeros municípios divulgando o seu trabalho e suas propostas para o próximo mandato. Candidato a reeleição, Christino esteve na última semana em Araruama, Macaé,  Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, Italva, Bom Jesus do Itabapoana, Cachoeiras de Macacu, e outros. Recebido com entusiasmo por vereadores, prefeitos e lideranças, o deputado destacou ações importantes como a recuperação de mais de oito mil quilômetros de estradas rurais, a implantação de programas como Rio Rural, que incentiva a agricultura ecológica, Rio Genética, uma ação importante para a melhoria da qualidade do gado leiteiro de corte do nosso Estado, e outras ações.
Para o próximo mandato, o deputado defende a implantação do programa PROTEGER (Programa de Promoção de Oportunidade de Trabalho e Garantia Especial de Renda Rural), que visa garantir remuneração temporária para o produtor rural em caso de desfalque da sua renda por perda da safra.
- A idéia foi lançada durante o último encontro que tive com o Governador Luiz Fernando Pezão que já garantiu lutar por essa bandeira, quando for reeleito. Acho injusto que produtores não tenham acesso a programas de transferência de renda nos períodos que ficam necessitados por situações climáticas ou outros motivos que o façam perder a safra. Por isso tivemos a idéia de criar esse programa – afirmou o deputado.
Christino destaca ainda, que continuará lutando pela ampliação do Programa Vozes da Produção, que oferece acesso a internet e a telefonia celular rural, com instalação de antenas repetidoras de sinal. A primeira etapa, que está em andamento, irá atender 500 mil pessoas. Mas a expectativa é que até 2018 a cobertura chegue a toda zona rural fluminense.
A ampliação do Programa Estradas da Produção é outra proposta do deputado para o próximo mandato. Ele pretende defender a criação do Estradas da Produção II que visa, inclusive, o asfaltamento das principais estradas rurais fluminense.
Neste fim de semana o deputado participa de encontro e visitas domiciliares em Itaocara, Santa Maria Madalena, Macuco, Piraí, Paraty, Angra dos Reis, Itaguai e outros.  

Legendas: Christino com o prefeito de Italva e o vereador Elias Ancelmé

Legendas: Em Campos dos Goytacazes o deputado participou do  Dia Nacional do Campo Limpo
Legendas: Em Cardoso Moreira, Christino é recebido por centenas de pessoas
Legendas: Reunião domiciliar em Araruama, com Stella Romanos e lideranças no último domingo

Candidato à reeleição ao Governo do Estado, Luiz Fernando Pezão visita Ciep Leonel de Moura Brizola

‘O Rio em Primeiro Lugar’:



“Vou levar a Educação com horário integral a todas as comunidades”, diz Pezão em visita à unidade do Dupla Escola


Candidato afirma que mais 100 escolas do estado terão Ensino Médio com educação profissionalizante. Recursos virão do orçamento e dos royalties do petróleo



Educação com horário integral a todas as comunidades. Esta é a meta do candidato à reeleição ao Governo do Estado, Luiz Fernando Pezão, que visitou nesta quinta-feira (21/08) o Ciep Leonel de Moura Brizola, no bairro de Charitas, em Niterói. A unidade é uma das 26 que aderiram ao programa Dupla Escola na atual gestão, beneficiando 15 mil alunos. O objetivo é levar o projeto para mais 100 colégios na próxima gestão.





“A gente tem que ocupar o jovem durante todo o dia. Se nós tivéssemos acreditado nos projetos e no programa dos Cieps décadas atrás não estaríamos hoje com 37 mil presos. Eram 21 mil quando entramos em 2007. É muito melhor investir em escola do que investir em presídios. Sou filho da oportunidade e vou lutar muito para dar oportunidade às pessoas”, disse Pezão.

Desenvolvido em parceria com a iniciativa privada, o objetivo do Dupla Escola é reduzir as taxas de evasão e assegurar formação profissionalizante aos alunos. Além do Ciep Leonel de Moura Brizola, os moradores de Charitas também serão beneficiados, ano que vem, com a inauguração do Colégio Matemático Joaquim Gomes de Souza. O processo seletivo para a unidade, que será especializada em ciências exatas e mandarim, já está aberto. Outra escola em construção e prevista para 2015 ficará no bairro do Caju, na cidade do Rio de Janeiro, especializada em logística.

Pezão afirmou que parte dos investimentos em Educação virá dos royalties do petróleo e parte do orçamento do governo estadual.

“Temos de investir 25% do orçamento no setor. Vamos colher mais frutos. Sobre os royalties do petróleo, 75% dos recursos serão investidos na Educação. Sei que todas as áreas são muito importantes, principalmente a Segurança Pública. Só que sem Educação e Cultura não vencemos esta guerra”, disse. 

O Ciep Leonel de Moura Brizola visitado por Pezão é a primeira escola bilíngue de nível médio em horário integral no Brasil. Reformado no início deste ano e com um investimento de R$ 1,5 milhão em obras e mais R$ 200 mil em equipamentos, conta com 18 salas de aula, laboratórios de idiomas, biblioteca e sala de estudos poliesportiva. A grade curricular conta com uma base de ensino comum aos dois países e oferece o ensino da língua francesa. Até 2016, serão oferecidas 288 vagas na unidade.

“É esta política que queremos levar para todo o estado. Colocar escolas bilíngues e Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) junto com Ensino Médio. Temos aqui o francês. Outras escolas ensinam inglês ou espanhol. Aqui em Charitas teremos uma com mandarim. Fico feliz de ver esses jovens entrando às 7h e saindo às 17h. Ocupar os jovens é fundamental. Todos sairão empregados”, afirmou.
Em conversa com alunos, Pezão disse contar com a turma para os Jogos Olímpicos em 2016. A estudante Júlia Ferreira, de 16 anos e moradora de Niterói, já faz planos para o futuro.

“Penso em conseguir um bom emprego em breve. A língua francesa é ótima para o currículo. Penso também em viajar e passar um tempo fora para aprimorar o que aprendi”, contou.

Os resultados dos investimentos em Educação no estado já começaram a aparecer. Em 2011, o Rio de Janeiro passou da 26ª posição para a 15ª no ranking do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ensino Médio. Foi o último resultado divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). A expectativa é que o salto no próximo levantamento seja ainda maior.

“Temos certeza que no próximo resultado estaremos na cabeça, de onde nunca deveríamos ter saído. Vamos preparar cada vez mais a nossa juventude para ocupar os postos de trabalho que têm sido criados no estado”, disse Pezão.

Outro exemplo de sucesso do Dupla Escola é o Colégio José Leite Lopes, na Tijuca. Foi a escola estadual com o melhor desempenho no Enem 2012 e considerada uma das 20 mais inovadoras do mundo pela Microsoft em 2009. A unidade oferece formação em programação de jogos digitais. Por sua vez, o Colégio Erich Walter Heine, em Santa Cruz, recebeu, em 2013, a certificação de primeira escola totalmente sustentável da América Latina. A unidade é especializada em administração.

Outras propostas contidas no Plano de Governo são a migração de todas as escolas que estão em imóveis alugados para prédios próprios e a ampliação do sistema informatizado que reúne dados sobre o ensino, como número de salas de aula, alunos e professoras, entre outros.

A visita ao Ciep foi acompanha pelo deputado estadual Felipe Peixoto e pelo subsecretário de gestão do ensino da Secretaria de Estado de Educação, Antônio Neto.

INVESTIMENTOS EM NITERÓI

Niterói recebeu uma série de investimentos do governo nos últimos anos. A cidade ganhou três Centros de Educação Tecnológica e Profissionalizante (Ceteps), uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e uma Clínica de Família. Mais de 143 ruas de cinco bairros foram asfaltadas. Na área de Segurança, foram inauguradas três Companhias Destacadas e uma Divisão de Homicídios, que fizeram o índice de homicídios no município cair 45% em sete anos.

Para a próxima gestão estão previstas, entre outros investimentos, três Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), mais duas UPAs, mais três Clínicas de Família e mais quatro CVTs, além da construção de dois BRTs que ligarão Niterói a Manilha, bairro de Itaboraí.



Fotos: Fernando Maia/Divulgação
Outras fotos estão disponíveis no endereço:


OCORRÊNCIA DO DIA 20 DE AGOSTO DE 2014.

 

Dois menores de apenas 14 anos, foram apreendidos duas horas depois de furtarem uma padaria no calçadão de Itaocara. A polícia chegou até eles após o proprietário da Padaria Cesário passar as características dos suspeitos.Após buscas pela cidade, a guarnição do setor “I” da 2º Companhia de Polícia Militar do 36 BPM logrou êxito em encontrar os menores no Morro Eucalipto.Com os menores os policiais encontraram R$200 reais em espécie que foram furtados do estabelecimento comercial. Os menores foram encaminhados para 135ª Delegacia Legal no centro de Itaocara, onde foram ouvidos e liberados.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Quinto bloco do debate dos candidatos ao governo do Rio

Internauta pergunta sobre a desoneração da carga tributária para atrair emprego
Tarcísio - O candidato afirmou que é necessário apoiar o pequeno produtor da favela, além de fortalecer a justiça fiscal.
Lindberg - O candidato voltou a colocar os olhos na Baixada Fluminense: "Temos que construir uma política de desoneração na Baixada Fluminense". "Quando vemos essa questão vemos como essa política é velha no estado do Rio de Janeiro".
Pezão - Para o governador, a discussão sobre carga tributária deve ser feita pelos deputados no Congresso Nacional. "O empresariado nacional não aguenta mais tanta taxas e tantos impostos. O país não aguenta mais a carga tributária que temos".
Garotinho - Segundo o ex-governador, devem ser feitas medidas imediatas. O candidato afirmou que os incentivos fiscais para "os amigos de Sérgio Cabral" têm que ser suspensos.
Crivella - "Acho que o estado já desonerou muito a carga tributária. Nosso orçamento já diminuiu. Acho que a gente pode ainda gerar empregos nas comunidades carentes. Sobretudo na Baixada Fluminense".

Quarto bloco do debate dos candidatos ao governo do Rio


Saneamento básico e Cedae
Lindberg - O candidato afirmou que é preciso um estudo de planejamento da Região Metropolitana para a Baixada Fluminense ser atendida. Ele ainda questionou os investimentos no Maracanã que poderiam ter sido feitos em abastecimento.
Pezão - O governador defendeu a Cedae de sua gestão. "Nós criamos agora um órgão para administrar a Região Metropolitana, para pensar em políticas públicas para a Baixada Fluminense. A Cedae dava um prejuízo enorme. Pagamos uma dívida imensa da Cedae. Vamos inaugurar outros reservatórios. Vamos fazer mais de... são 16 reservatórios, e fazer o complexo do Guandu 2, investir firmemente no saneamento da Baixada".
Água
Pezão - O governador afirmou que o governo está em contato direto com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Segundo ele, o impacto no Rio Paraíba do Sul está mudando com o incentivo ao reflorestamento. "Temos que melhorar a essa visão de cuidar das nascentes. Investiremos mais nas cidades que sofrem com as cheias do Rio Pomba. Fazendo irrigação, canais para melhorar o saneamento no Norte e Noroeste fluminense".
Garotinho - O ex-governador lembrou o governo de sua mulher, Rosinha Garotinho. "A nova adutora de água da Baixada está pronta, mas não foi utilizada porque falta uma ligação dela com os municípios". Ele também lembrou dos gastos com o Maracanã. "Gastou-se R$ 1 bilhão e meio pra reformar o Maracanã, e falta água na Baixada".
O que tem de melhor do que o outro candidato?
Garotinho - "Me considero um candidato mais experiente. Fui governador, disputei a Presidência da República. Implantei 60 programas sociais. Os maiores investimentos privados foram trazidos por minha gestão. Esse governo que está aí não construiu um único Batalhão. Atrás de mim tem uma história de um governador experiente".
Crivella - O senador falou sobre investimentos do governo federal no estado, dos quais participou diretamente. Ele, porém, ressaltou que o importante "é fazer pela civilização. "Essas questões, eu fiz, eu sou melhor... isso aí não adianta".
Propostas para segurança pública
Crivella - O candidato afirmou que é necessário aumentar o treinamento e criar uma corregedoria. "A presença da polícia é importante para inibir roubos a transeuntes".
Tarcísio - O professor disse que é necessário a criação de uma carreira unificado. "É preciso mudar o processo de treinamento, mudar forma de ação da polícia e trabalhar de uma forma comunitária".
Internauta pergunta sobre a falta de água na Baixada Fluminense
Tarcísio - Segundo o candidato, a crise de água é por falta de planejamento e é preciso "preservar os mananciais de água". Ele considerou um "tremendo absurdo" a falta de água na Baixada Fluminense.
Crivella - Para o senador, não há falta d'água. "A água está no local errado". "Em vez de investir em adutoras, investe-se em carros-pipa, que tem um custo 30 vezes maior. Sou engenheiro, conheço esse problema e dá para resolver".
Garotinho - O ex-governador afirmou que só precisa ligar a adutora feita pelo governo de Rosinha Garotinho.
Pezão - "Vamos investir fortemente na Cedae, continuar a investir. Vamos investir em mais de 800 Kmde adutoras, fazer o Complexo do Guandu 2. As primeiras obras devem ser iniciadas ainda este ano".
Lindberg - "Não sou contra fazer Guandu 2, mas sim da água não continuar a chegar na Baixada. Lá na Baixada funcionam sete reservatórios. Por quê não fizeram a ligação dos troncos e elevatórias?"

Terceiro bloco do debate dos candidatos ao governo do Rio


Crescimento da economia
Pezão - De acordo com o governador, a atração de investimentos para o interior do estado continuará forte. "Vamos continuar com um ambiente propício para a área petrolífera. Vamos solidificar o segundo polo siderúrgico do país".
Lindberg - Para o candidato, o Rio de Janeiro não pode ficar dependente da indústria de petróleo. "Temos investir na industria criativa, de entretenimento. Estamos aproveitando mal os recursos do royaties do petróleo. Temos que investir mais em educação".
Cotas
Lindberg - "Sou muito favorável à política de cotas. Votei no Senado, iniciativa do Lula. Está abrindo caminho para o filho do trabalhar que estava fora das universidades".
Tarcísio - Para o candidato, a política de cotas, apesar de acertadas, "precisa ser temporária porque o ensino básico é para todos". "É preciso que se diga que o cotista tem melhor desempenho às vezes. O que precisa é fazer assistência estudantil e política de permanência para que ele tenha condições de concluir. É grande o desafio. Significa também melhorar a própria universidade"
Área de cultura
Tarcísio - Para o candidato, é necessário produzir cultura através da escola, "fazendo de cada escola um polo de produção cultural". "Precisamos territorializar o orçamento da cultura. Aquela cultura produzida nas comunidades, nas periferias. Esse é o primeiro elemento. Queremos democratizar os editais".
Crivella - O senador concordou com Tarcísio e afirmou que "é preciso dar mais para quem tem menos acesso".
Migração da violência para áreas sem UPPs
Crivella - Para Crivella, a culpa do aumento do crime nessas regiões não é das UPPs, mas de governos anteriores. "Precisamos de orçamentos maiores. As pessoas vão ter acesso a uma renda e trabalhar perto dos seus filhos pra que não sejam amanhã levados para o nacotráfico, quando a mãe é obrigada a sair da comunidade".
Garotinho - o candidato negou ser contra as UPPs, mas sim que somente ela não é capaz de resolver. "Eu não vou acabar com UPP. Eu vou aprimorar".
Despoluição da Baía de Guanabara
Garotinho - De acordo com ele, ações são feitas desde o governo de Brizola. Mas, para o candidato, tratar o esgoto não é a única coisa a ser feita, mas também o tratamento dos rios. Antes de sua resposta, ele criticou a afirmação de Lindberg de que Campos cresceu pouco em sua gestão.
Pezão - Segundo o governador, "a despoluição é um trabalho diário" e, até 2016, 80% do esgoto estará tratado. Pezão também falou sobre a abertura de uma licitação para novas estações de tratamento na região de São Gonçalo. "Vamos agora, em 90 dias, inaugurar uma nova estação de tratamento".
Internauta pergunta sobre a legalização da maconha
Todos candidatos afirmaram ser contra a legalização da maconha, menos Tarcísio. O candidato do PSOL afirmou que a legalização traria um maior controle do governo sobre a venda, além da diminuição do consumo. Para ele, é necessário ter uma campanha educativa sobre o assunto. "Essa questão não funcionou em outros países", disse Garotinho.

Segundo bloco do debate dos candidatos ao governo do Rio


Segurança pública em São Gonçalo
Crivella - Para o candidato, a segurança "chegou ao ponto de um completo descalabro". Ele citou a ajuda das Forças Armadas e propôs a criação de um Batalhão de Motociclistas. "Com o Batalhão de Motociclistas, poderemos estar em muitos lugares ao mesmo tempo".
Transporte na Baía de Guanabara
Lindberg - O candidato criticou a concessionária que atende a Baía de Guanabara. Para ele, é necessário a criação de uma barca para São Gonçalo. Lindberg também criticou o némero reduzido de policiais em alguns pontos do estado. "Cada cidadão é um cidadão! Ai acaba acontecendo o que está acontecendo. Migração da violência".
Metrô no Rio de Janeiro
Tarcísio - Para o candidato, o atual governo fez uma "gambiarra" na linha 1 do Metrô. Segundo ele, é necessário o término da linha 1 e abertura da "caixa-preta dos transportes".
Discriminação ao público LGBT
Pezão - o governador do Rio afirmou ser contra a discrminação. Segundo ele, a atual gestão avançou na questão da defesa dos direitos sociais.
internauta pergunta sobre o transporte complementar
Pezão - "Nós legalizamos as vans, colocamos o bilhete único intermunicipal, que é o único intermunicipal no país, a maior transferência hoje que se faz no bolso do trabalhador. Nunca se investiu tanto em trens". A fala do governador arrancou gritos de "mentira" da plateia.
Lindberg - "Pezão não fala da Baixada. Vou fazer Metrô para a Baixada. Eu legalizei o transporte alternativo em Nova Iguaçu. Tem uma coisa que aprendi com o Lula".
Tarcísio Motta - "A questão é trabalhar o transporte em rede, e dar transparência aos atos da administração pública".
Crivella - "Passei por uma universidade privada e tive que dirigir táxi para pagar meus estudos. Sei como é duro trabalhar no trânsito do Rio. Esse transporte complementar não pode ser feito pelas empresas de ônibus".
Garotinho - "O governo Cabral/Pezão caçou mil concessões dadas por mim para o transporte alternativo. Com orgulho e alegria sou considerado o padrinho do transporte alternativo. O governo do rio é comandado pelos empresários de ônibus".

Primeiro bloco do debate dos candidatos ao governo do Rio

Garotinho pergunta para Pezão
O candidato Anthony Garotinho questionou Pezão sobre o repasse de recursos do governo federal para o estado para a tragédia na Região Serrana. Ele citou instâncias no Tribunal de Contas da União e no Ministério Público Federal, pedindo explicações. Pezão se defendeu e afirmou ficou na Região Serrana durante 36 dias, sendo um dos primeiros que chegaram ao local. Ele também negou ter qualquer processo junto ao TCU. Depois, Garotinho disse que ele estava mentindo, já que o nome de dois assessores aparecem nos processos. O governador do Rio ironizou a resposta: "É lamentável falar de responder processo, eu acho que você é campeão".
Pezão pergunta para Crivella
O governador do Rio de Janeiro escolheu o senador Marcelo Crivella para responder sua pergunta: "qual a sua proposta para a profissionalização dos jovens?". Para Crivella, é necessário o horário integral para os preparar adequadamente. Ele, inclusive, propôs a criação de uma TV Enem. Para Pezão, o governo do estado investe em oportunidades para os jovens. Ao contrário do governador, Crivella disse não ver um quadro tão positivo.
Crivella pergunta para Lindberg
Crivella perguntou sobre os gastos do governo no transporte público. Lindberg voltou a falar que o Rio é dividido em duas partes - o do cartão postal e o resto. Ele afirmou que é necessário um metrô para a Baixada Fluminense e que "o estado não tem controle sobre as empresas de ônibus". O senador concordou. 

Lindberg pergunta para Tarcísio
Lindiberg quis saber de Tarcísio qual o plano para a educação do Rio de Janeiro. Professor, ele afirmou que o projeto do Ciep do século XXI corre o risco de ser abandonado. Para ele, é preciso valorizar o professor e garantir a participação da comunidade.
Tarcísio pergunta para Garotinho
Tarcísio perguntou qual seria a diferença do programa da educação da campanha atual para a de seu antigo mandato. Antes de responder, Garotinho reclamou que Pezão "não respondeu" a sua pergunta. Segundo ele, o projeto Nova Escola foi essencial para a educação do Rio de Janeiro, "ao contrário do projeto atual". Para o candidato do PSOL, a Nova Escola foi um "fracasso". "No final, vocês são todos iguais: para a educação basta o mínimo".
Segundo Tarcísio, o salário dos professores era pequeno na época de Garotinho e criticou mais uma vez a gestão. O ex-governador do Rio disse que ele está mal informado, já que em sua gestão foram contratados 15 mil docentes.
Internauta pergunta se candidatos são a favor da desmilitarização da Polícia Militar
Garotinho - "Nós não estamos preparados ainda para isso. É preciso tratar a prevenção dos crimes e a modernização dos aparatos da polícia, além de preparar melhor os policiais".
Pezão - "Nós não estamos preparados ainda. Nós temos que avançar muito. O crime dominou durante anos, ninguém teve coragem de entrar no tema de segurança pública. Quando chegamos encontramos carro sucateados. Vamos continuar a investir fortemente em segurança pública e levá-la a todo o estado"
Lindberg - "Sou a favor. A polícia norte-americana, a inglesa e a alemã são desmilitarizadas. Vou fazer uma reforma da polícia no Rio de Janeiro. A polícia está preparada para a guerra e não para proteger a população. Você pode fazer essa reforma da polícia envolvendo a polícia".
Tarcísio - "Nós do PSOL somos completamente a favor do processo de desmilitarização da polícia. Um policial que é treinado sob tortura, vai fazer o que quando for para as ruas? Segurança deve servir para defender os direitos das pessoas."
Crivella - "É preciso cuidar muito do treinamento. Nenhum homem público com bom senso aceita a atual violência do nosso estado. Mas é com essa polícia que precisamos defender o cidadão. Eu creio também que esse cidadão precisa se aproximar dessa polícia. A maioria das pessoas da comunidade são pessoas de bem, que não querem viver sob o comando do tráfico".